Apple Watch ajuda polícia a salvar mulher raptada

Abílio Rodrigues
Comentar

A polícia de uma localidade do Texas, nos Estados Unidos da América, contou com a ajuda de um Apple Watch para salvar uma mulher vítima de rapto. As autoridades recorreram à funcionalidade de localização LTE do smartwatch de Cupertino para determinar a sua localização e proceder ao salvamento.

Em dezembro do ano passado a polícia foi alertada por uma mulher para um possível crime de rapto da sua mãe. Foi descrita uma discussão entre a senhora e um Adalberto Longoria no parque de estacionamento no exterior da sua residência, seguindo-se gritos e o desaparecimento da mulher.

Apple Watch continua a ajudar a salvar vidas

Apple Watch

Segundo foi apurado a mulher usou o seu Apple Watch para ligar à filha e dizer-lhe que Longoria a havia raptado. Depois de se inteirar disto a polícia monitorizou a localização do Apple Watch através de um ping de emergência, localizando-a num parque de estacionamento de um hotel Hyatt.

Quando chegaram ao local os agentes identificaram a mulher dentro de um veículo mas sem sinal do raptor. A vítima disse às autoridades que tinha discutido com o homem e que este lhe disse para tirar as suas coisas do carro. Num surto de raiva decidiu depois arrancar com ela ainda dentro da viatura.

Numa viagem atribulada a mulher pediu a Longoria para parar o carro, mas este insistia em travar com violência de forma a projetar o seu corpo. Pouco depois o homem deixou a vítima no parque de estacionamento onde foi encontrada, perdida e desorientada.

Smartwatches servem para muito mais do que notificações

Desde o lançamento do primeiro Apple Watch que se tornaram comuns histórias de pessoas que foram salvas pelo wearable da Apple.

Desde vítimas de problemas cardíacos que conseguiram pedir ajuda graças às funcionalidades do relógio até à localização de vítimas ou autores de crimes, não faltam provas sobre a utilidade deste tipo de dispositivos em situações mais complicadas.

Recentemente o Apple Watch foi até apontado como aliado no combate ao novo Coronavirus, uma vez que parece conseguir detetar casos positivos mesmo antes de aparecerem os primeiros sintomas.

São ainda evidentes os benefícios deste tipo de tecnologia para os mais idosos, funcionando como ferramenta para detetar acidentes como quedas ou para alertar para uma variedade de problemas de saúde.

Editores 4gnews recomendam:

Abílio Rodrigues
Abílio Rodrigues
Apaixonado por tecnologia desde que montou o seu primeiro computador, continua em fase lua-de-mel com tudo o que envolva um processador e permita umas sessões videolúdicas.