Apple vai adiar o lançamento do renovado MacBook Air

Carlos Oliveira
Comentar

Os rumores relativos à nova geração do portátil MacBoook Air circulam pelos meios habituais há vários meses. O que é sustentado por várias fontes ligadas aos desígnios da Apple aponta para um novo design, acompanhado por um novo processador, o M2.

O mais recente relatório assinado pelo conceituado analista Ming-Chi Kuo aponta para um atraso no processo de produção do novo MacBook Air. Contrariando as previsões iniciais, o novo portátil só entrará em produção em massa no terceiro trimestre de 2022.

Novo MacBook Air poderá ser lançado apenas no final de 2022

Tendo em consideração o calendário partilhado por Ming-Chi Kuo, é provável que a nova geração do MacBook Air seja revelada apenas no final de 2022. Um atraso de alguns meses face ao inicialmente previsto pela mesma fonte.

MacBook Air

Anteriormente, Kuo deu a saber que o novo MacBook Air deveria ser lançado a meados do próximo ano. Contudo, a sua mais recente previsão empurra a janela de lançamento para o final do próximo ano, por razões que ainda se desconhecem.

Tal como o próprio Ming-Chi Kuo ou o conhecido Jon Prosser já revelaram, o próximo MacBook Air destacar-se-á pelo seu renovado design. Este modelo contará com um chassi mais fino e leve.

Outro ponto de destaque serão as novas cores em que o próximo MacBook Air será comercializado. Terá uma forte inspiração no novo iMac de 24 polegadas, o mais colorido de sempre dos all-in-one da Apple.

Além das mudanças estéticas esperadas, o vindouro MacBook Air contará com um SoC desenvolvido pela Apple. Ainda é cedo para conclusões, mas alguns relatórios apontam para o chip M2, representando um salto geracional face ao semelhante que equipa o modelo atualmente disponível.

Para os que desejarem uma máquina mais potente, a Apple deverá revelar, ainda este ano, os novos MacBook Pro de 14 e 16 polegadas. Algo que deverá acontecer nas próximas semanas.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.