Apple trará ao iPad Pro de 2022 uma novidade muito desejada

Carlos Oliveira
Comentar

Novo ano é sinónimo de uma nova geração para os vários produtos do portefólio da Apple. Uma das novidades da segunda metade do ano será a nova geração do iPad Pro, do qual surgem já algumas notícias animadoras.

O mais recente relatório provém da publicação 9to5 Mac, bastante ligada aos desígnios da tecnológica americana. As suas fontes adiantam com o próximo iPad Pro chegará com suporte para carregamento sem fios.

iPad Pro receberá carregamento sem fios graças à tecnologia MagSafe

Inicialmente, especulou-se que a Apple optaria por uma traseira em vidro para a próxima geração do iPad Pro. Algo indispensável para que a empresa pudesse introduzir o carregamento sem fios no tablet.

iPad Pro

O novo relatório divulgado pela 9to5 Mac afirma que a Apple desistiu da ideia de desenvolver uma traseira em vidro devido a receios de durabilidade do novo tablet. Com efeito, o alumínio manter-se-á como material predominante, com exceção do logótipo da marca na traseira.

Este será maior que habitual, assumindo dimensões próximas das que entramos na linha MacBook. O objetivo é que esse seja construído em vidro para poder acomodar a tecnologia MagSafe, permitindo a transferência de energia.

É ainda referido que o próximo iPad Pro contará com imanes mais poderosos para acautelar possíveis acidentes. Ademais, as velocidades de carregamento serão mais altas do que no iPhone.

Próximo iPad Pro terá bateria maior, nova câmara e novo processador

O mesmo relatório adianta mais algumas novidades que devemos esperar do próximo iPad Pro. Uma das mais interessantes será a utilização de uma bateria maior para responder às queixas dos utilizadores do Magic Keyboard e de uma drenagem mais acelerada da bateria do tablet.

No departamento fotográfico também são esperadas novidades, com o novo iPad Pro a assumir um módulo mais parecido com o iPhone 13. Resta saber se isso significará também mais uma lente.

Para controlar todas as operações estará um novo processador, possivelmente o vindouro M2. Este chip deve ser anunciado com o novo MacBook Air e não será de estranhar que também seja usado no vindouro tablet de topo da Apple.

Mudanças estéticas também estarão a caminho com a introdução da controversa notch. Depois do iPhone e dos MacBook Pro, também o iPad Pro deverá assumir este traço estético para uma rápida diferenciação dos seus principais concorrentes.

Essa opção deverá resultar num ecrã maior do que a atual geração, ou seja, acima das 12,9 polegadas. Algo que o conceituado analista Mark Gurman havia referido anteriormente num dos seus relatórios.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.