Apple tem grandes expectativas para o iPhone em 2022

Bruno Coelho
Comentar

É um tema comum entre 2020 e 2021. Com a pandemia de Covid-19 adensou-se uma escassez de componentes que afeta várias indústrias, e à qual a indústria mobile não escapa. Isso faz com que muitos produtos estejam disponíveis, embora com tempos de espera maiores.

Assim aconteceu com o lançamento dos novos iPhone, visto que algumas das versões demoraram semanas a chegar a alguns dos interessados. Mas as expectativas da Apple para 2022 são promissoras.

Apple quer ultrapassar 300 milhões de iPhones enviados em 2022, afirma o Digitimes Taiwan

Segundo revela o Digitimes Taiwan, a Apple pretende aumentar em 30% os envios dos iPhone para a primeira metade de 2022. E o objetivo da fabricante da maçã trincada é ultrapassar os 300 milhões de envios no próximo ano.

iphone 13

Esta fonte cita pessoas que estarão familiarizadas com o assunto, que falam no aumento de 30% de envios apenas para os iPhone 13. E na segunda metade do ano serão os iPhone 14 os responsáveis pelos números expressivos.

Devemos sempre olhar para estas informações com uma pitada de sal, já que a fonte pode estar apenas a “tirar nabos da púcara”. Mas com um possível regresso à normalidade, a Apple deverá querer os números de produção a aumentar.

Recorde-se que, apesar da menor disponibilidade, os iPhone 13 têm sido um sucesso de vendas. E se a Apple assumiu a segunda posição no mercado mobile, acredita-se que esta possa mesmo fechar o ano na liderança.

Achas que a Apple vai conseguir terminar o ano em primeiro lugar do segmento mobile, superando a Xiaomi e a Apple?

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.