Apple será a primeira a usar chips da TSMC a 3nm, mas não nos iPhone 14

Rui Bacelar
Comentar

A Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC) é a mais avançada fabricante de semicondutores no mundo. Esta entidade produz processadores para as mais variadas fabricantes de dispositivos móveis e, muito em breve, começará a expedir os primeiros lotes de chips a 3 nm, o mais recente padrão de litografia para as novas wafers.

Entre os seus principais clientes conta-se a Apple de Tim Cook, mas não encontraremos esta geração de chipsets a 3 nm na próxima gama de telemóveis iPhone, os Apple iPhone 14. Note-se que esta gama de smartphones chegará em setembro próximo com pelo menos quatro modelos de Apple iPhone 14 a integrar os processadores A15 Bionic e A16 Bionic, a 5 nm e 4 nm.

Chips A16 Bionic a 4 nm estrearão nos Apple iPhone 14 Pro

Apple A16 Bionic

O inexorável rumo da inovação dita uma maior compactação dos componentes e redução do espaço entre os vários componentes que integram e compõem um processador. Assim, de uma distância entre transístores de 4 nm passaremos a 3 nm muito em breve.

Isto significa que os próximos processadores a 3 nm serão mais energeticamente eficientes e terão melhor desempenho. Entretanto, ainda ficaremos a conhecer os novos processadores Apple A16 Bionic a figurar nos smartphones Apple iPhone 14 Pro.

Por outro lado, os modelos Apple iPhone 14 e iPhone 14 Max usarão o mesmo chipset A15 Bionic a 5 nm, possivelmente com algumas melhorias. Dito isto, não será já na próxima gama de smartphones iOS que teremos um processador a 3 nm.

A TSMC está prestes a expedir os primeiros chips a 3 nm

Apple M2

Em causa estão os próximos processadores para computadores Apple. Este serão os produtos que devem estrear o próximo salto evolutivo na tecnologia de construção de processadores e podem chegar na primeira metade de 2023 ao mercado global.

Vemos, com efeito, os media especializados a apontar que a Apple já terá colocado as primeiras encomendas junto da fabricante TSCM para os lotes de chipsets a 3 nm.

Estes componentes farão assim a sua estreia nos portáteis MacBook e computadores iMac da gigante de Cupertino, não sendo, aliás, de descartar a sua presença num próximo iPad Pro.

A gama de smartphones iPhone 15 deve usar um chipset A17 a 3 nm

Apple M2 Pro

Por outro lado, contamos também com novos processadores A17 Bionic com litografia de 3 nm a figurar nos Apple iPhone 15. Estes serão os smartphones iOS com apresentação provável em setembro de 2023, portanto, a cerca de um ano de distância.

Ao que tudo indica, o novo processo de fabricação a 3 nm traz-nos chipsets com até 30% menos consumo energético. Em simultâneo, são até 15% mais poderosos que a geração de processadores a 5 nm, atualmente em voga.

As fabless manufacturing companies like Apple, Qualcomm and Nvidia took off, TSMC found itself on a flywheel, making more and more of the world's chips. Watch the full video here to learn more: https://t.co/00keVTCxah pic.twitter.com/z7ZQaBH2z0

— CNBC (@CNBC) 21 de agosto de 2022

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com