Apple poderá apresentar dois sucessores ao iPhone SE em 2020

Carlos Oliveira
Comentar

Os rumores de que a Apple se prepara para apresentar um sucessor para o iPhone SE são vários, mas as últimas notícias adiantam algo pelo qual não esperávamos. Segundo o que está a avançar a Digitimes, a Apple poderá apresentar dois modelos.

A fonte baseia-se em informações provenientes da linha de fabrico da Apple. Ao que parece, a tecnológica apresentará, em 2020, dois modelos com ecrã LCD e quatro com ecrãs OLED.

Os quatro modelos com ecrã OLED serão os especulados iPhone 12 e iPhone 12 Pro. Já os modelos com telas LCD serão os sucessores do iPhone SE que, ao ser isto verdade, poderá contar agora com uma variante Plus.

iPhone 8 Plus

Para manter um preço de venda mais baixo, a Apple terá de economizar no processo de fabrico do sucessor do iPhone SE. Os ecrãs LCD são consideravelmente mais baratos que os OLED, sendo este componente um dos mais caros na construção de um smartphone.

Sucessor do iPhone SE poderá chamar-se iPhone 9

Várias fontes acreditam que a Apple poderá apelidar o seu próximo smartphone mais económico de iPhone 9. Esta designação foi deixada para trás com a apresentação do iPhone X e este poderá ser o momento de a utilizar.

Tudo isto porque se acredita que este modelo virá com a estrutura do iPhone 8 e os internos do iPhone 11. Assim a Apple estará a apelar aos amantes do antigo design dos seus equipamentos, mas com especificações muito capazes.

Ademais, será uma forma daqueles com menor poder de compra poderem comprar um iPhone. Com um preço que poderá começar nos 399 dólares, esta torna-se numa proposta muito mais barata que qualquer outro modelo lançado pela empresa.

Possíveis especificações do iPhone 9

  • Processador Apple A13 Bionic
  • 3GB de RAM
  • 64GB / 128GB de memória interna
  • Câmara dupla na traseira

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.