Apple: o percurso do veículo elétrico que enfrenta demasiados problemas

Mónica Marques
Comentar

Novos rumores dão conta de que o veículo elétrico da Apple avança, mas a uma velocidade bastante lenta.

Além de todas as dificuldades técnicas, o modelo está também a enfrentar problemas dentro da equipa de desenvolvimento.

Apple Car: um projeto com oito anos de existência

Apple iPhone 13
Em setembro, a Apple vai lançar o novo iPhone 14 que terá muitas novidades nas variantes Pro Crédito@Apple

Há muito que se fala no veículo elétrico que a Apple estará a desenvolver. Mas agora o jornalista Wayne Ma do site The information avança que o projeto está no ativo há já oito anos e que tem enfrentado diversas dificuldades.

Desde logo, algumas dificuldades técnicas para que o veículo cumpra os requisitos da Apple e seja capaz de conquistar um grande número de condutores. Mas ao nível da equipa tem também surgido vários desafios. Em março deste ano, toda a equipa do projeto foi dissolvida com a promessa de que haveria uma reorganização nos três meses seguintes.

Aparentemente, tal reorganização foi feita, uma vez que o referido site de informação está a divulgar alguns pormenores que podemos esperar ver no tão antecipado veículo. Segundo as informações agora divulgadas, o carro terá assentos voltados um para o outro para facilitar a comunicação interpessoal entre os passageiros.

Fala-se também que os bancos vão integrar ecrãs que podem ser ajustados para cima e para baixo, assim como um espaço de arrumação que sobe automaticamente para facilitar o acesso.

Ainda segundo a mesma fonte, parece que o veículo já terá feito um test drive de condução autónoma nos Estados Unidos da América para avaliação e demonstração das suas capacidades. Tim Cook já terá visionado o vídeo deste teste, mas não é conhecida a sua opinião sobre o assunto.

Apple põe fim à parceria com Jony Ive

O lendário Jony Ive colaborava também com este projeto do veículo elétrico da Apple, mas parece que o casamento entre estas duas partes chegou ao fim. O conhecido designer saiu da empresa de Cupertino em 2019 para formar a sua própria empresa, mas mantinha um vinculo à empresa sob a forma de consultoria.

De acordo com as informações que estão a ser divulgadas, este era o momento em que o contrato entre ambas as parte deveria ser renovado, mas tanto a Apple como Jony Ive terão concordado em colocar um fim à prestação de serviços.

Alguns rumores afirmam que a administração da Apple quis cortar o custo desta relação, assim como o lendário designer queria ter liberdade para aceitar qualquer cliente, sem necessitar da autorização da Apple.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.