Apple M1 Max pode ser tão poderoso como PS5 ou Nvidia RTX 2080

Bruno Coelho
Comentar

Esta segunda-feira a Apple apresentou os aguardados MacBook Pro de 14” e 16” polegadas com design renovado. Mas a parte mais impactante dos novos modelos é o 'poder de fogo' que trazem com os processadores integrados M1 Pro e M1 Max.

Por esta altura já são conhecidas as configurações destes processadores, e o NotebookCheck tomou o passo arriscado de deduzir o seu desempenho, face ao que sabemos do M1 original. As conclusões mostram que o M1 Max pode ser tão poderoso graficamente como a PlayStation 5 ou uma Nvidia RTX 2080 de desktop.

Estimativas baseadas no desempenho do M1 mostram números assombrosos

Mas vamos aos números. Por enquanto, é bom dizê-lo, são estimativas. Baseado no que vimos do desempenho em teraflops (TF) do M1 de 8 núcleos, foi feito o cálculo do que esperar destes novos processadores.

  • M1 8-core = 2.6 TF
  • M1 Pro 14-core = 4.5 TF
  • M1 Pro 16-core = 5.2 TF
  • M1 Max 24-core = 7.8 TF
  • M1 Max 32-core = 10.4 TF

apple

Segundo o que Apple revelou durante a apresentação, mesmo no pico da performance, M1 Max irá consumir menos 100W de energia que um computador topo de gama com GPU discreta (não integrada).

Mas segundo estes números, a GPU de 32 núcleos do M1 Max será capaz de ter um desempenho idêntico aos 10,07 TF de uma Nvidia RTX 2080. E bem perto dos 10,28 TF da PlayStation 5.

Vamos olhar para estas estimativas com uma pitada de sal. Caso se venham a confirmar, teremos finalmente MacBook capazes de ser também máquinas de gaming? Assim que começarem a chegar aos primeiros compradores vamos poder tirar conclusões.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.