apple didi

Numa altura em que a industria da tecnologia se começa a focar na próxima grande revolução, a dos automóveis elétricos, autónomos e inteligentes, a Apple decidiu seguir os passos de algumas companhias e também mostrou que está interessada em participar através de um recente investimento na empresa de car-sharing Didi que opera na China.

Foram mil milhões de dólares, um bilião nos padrões norte-americanos, que a empresa de Tim Cook aplicou na Didi, que nasceu da fusão de dois conglomerados gigantes chineses, o Alibaba e a Tencent, e que tem uma presença forte em mais de 400 cidades chinesas.

   

A empresa não é de todo pequenina, com um valor de mercado a rondar os 26 mil milhões de dólares, 14 milhões de condutores registados, a Didi, é muito, mas mesmo muito, maior que a Uber. A decisão da Apple não é algo que surge do nada, o investimento foi feito com os olhos postos no futuro do mercado geral e de transportes chinês, e pode ser que a gigante de Cupertino ganhe algum conhecimento sobre este e consiga perceber qual a melhor maneira de o integrar, visto que neste momento a Apple a China não têm uma boa relação.

Talvez queiras ver:

ViaPhone Arena
FonteBloomberg
A tentar mudar o mundo linha de código a linha de código. Estudante de Eng. Informática, "Software Developer" nos tempos livres e apaixonado desde sempre por tecnologia.