Apple introduzirá ecrãs a 120Hz ProMotion nos novos iPhone 13

Rui Bacelar
Comentar

À medida que nos aproximamos de setembro deparámo-nos com um volume crescente de fugas de informação em torno da próxima geração de smartphones iOS, os Apple iPhone 13. Agora, de acordo com fonte próxima das linhas de produção, temos boas notícias.

Os novos iPhone 13 utilização ecrãs com alta taxa de atualização, adaptável, até 120 Hz, acompanhando assim o atual padrão entre os topos de gama Android. Mais concretamente, teremos a introdução dos ecrãs ProMotion, nomenclatura a ser adotada pela Apple.

A Samsung e a LG produzirão os ecrãs ProMotion para os iPhone 13

Apple iPhone 12

Em declarações à publicação DigiTimes, fonte próxima da indústria afirmou que tanto a Samsung como a LG estão a converter várias fábricas e linhas de produção para se dedicarem à produção de ecrãs LTPO (Low-temperature polycrystalline oxide) AMOLED.

Recordamos que este tipo de ecrãs já é apontado para os iPhone há cerca de dois anos, sem que até à data tal se materializasse. A gigante de Cupertino nunca o justificou, mas de acordo com vários analistas de mercado, a empresa teve que optar entre a introdução do suporte para a quinta geração de redes móveis (5G) e os ecrãs AMOLED com alta taxa de atualização.

Por outras palavras, para não sacrificar a autonomia de bateria, na geração iPhone 12 a empresa de Tim Cook teve que optar por um destes bastiões. Tal como a história o viria a provar, em 2020 optaram pelo suporte para as redes 5G.

O ecrã ProMotion será um dos destaques dos novos iPhone 13

Apple iPhone 13

A fonte em questão aponta que, muito em breve, tanto a LG como a Samsung estarão prontas para começar a produção em massa dos ecrãs. Note-se ainda que esta tipologia de displays apresenta mais desafios à sua produção em grande escala.

Com efeito, é mais difícil e oneroso produzir este tipo de ecrãs, mas as suas vantagens são inegáveis. Ao conseguirem alterar automaticamente a taxa de atualização (1-100 Hz) podem ajudar a preservar bateria e garantir uma imagem suave.

Por outras palavras, sempre que necessário ajustam a taxa de atualização para entregar a melhor experiência de visualização possível ao utilizador. Quando este valor alto de atualização não é necessário, reduzem-no para poupar energia.

O trunfo pode ficar reservado para os iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max

Apple iPhone 12 mini

A utilização de ecrãs ProMotion com o recurso aos novos displays AMOLED LTPO poderá ser reservado para os modelos mais caros de iPhone. A fonte sugere que apenas os iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max terão direito a este novo tipo de ecrãs AMOLED.

Por outro lado, os modelos mais baratos como o iPhone 13 mini e iPhone 13 continuarão a usar os mesmos ecrãs AMOLED da geração atual. Ainda de acordo com a fonte, estes displays serão fornecidos pela LG e pela BOE.

Note-se, por fim, que a Apple estaria a trabalhar numa nova tecnologia que lhe permitisse poupar bateria e melhorar os ecrãs usados nos iPhone. Uma implementação que poderia solucionar, ou ajudar a equilibrar o consumo energético destes componentes.

Segundo a DigiTimes, a tecnologia estará já completa e permitirá poupar cerca de 20% de energia face ao padrão atual. Por outras palavras, é agora extremamente provável que os novos iPhone 13 usem ecrãs com alta taxa de atualização.

Pelo menos nos iPhone 13 e iPhone 13 Pro Max é muito provável a utilização dos ecrãs ProMotion.

A apresentação da geração iPhone 13 é apontada para setembro de 2021.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.