Apple comprou empresa que fazia dos seus iPhones um gadget totalmente diferente!

Filipe Alves
Comentar

Mobeewave era uma empresa que transformava nos iPhones da Apple os transformava em terminais de pagamento. Pois bem, parece que a Apple gostou tanto da ideia que acabou de comprar a empresa por 100 milhões de dólares (85 milhões de euros).

Ou seja, o iPhone deixava de ser um típico iPhone, para ser um autêntico posto de pagamento de cartão. A diferença é que não tinhas de meter o cartão em lado algum. Simplesmente pousar o cartão em cima do telemóvel ou um telemóvel com NFC e compatível com serviços de pagamento contactless.

Transformar um iPhone num TPA de pagamento

TPA Apple pagamento

Este era o objetivo da empresa Mobeewave. E aparentemente foi bem sucedida o suficiente para trair as atenções da Apple. Um investimento sério da Apple que pode mudar a forma como os iPhones transferem dinheiro no futuro.

Neste momento já é possível enviar dinheiro através do iMessage (em alguns países), com esta nova tecnologia bem implementada, para passares dinheiro para outra pessoa, só tinhas de pousar o teu iPhone em cima do de outro iPhone e está feito. Se não tivesses um iPhone, pousavas o cartão com contactless e o funcionamento era basicamente o mesmo.

O futuro da Apple passa por criar formas e pagamento

Appel Pay, iPhones

A Apple tem vindo a inovar os serviços de pagamento, o Apple Pay (agora disponível em Portugal) é exemplo disso mesmo. Contudo, não esperes que a empresa pare por aqui.

Aliás, só o facto de criar um cartão de crédito "Apple", só mostra o quão a Apple e Tim Cook estão focados a entrar num negócio totalmente diferente do que a Apple fez até agora.

Em suma, esta compra não nos diz muito, pelo menos para já. Contudo, a Apple acaba de poupar imenso trabalho na criação e evolução de uma tecnologia que já é funcional. Basta ter vontade de o implementar nos seus produtos.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.