Apple arrepende-se e retira limite de compra de iPhones!

António Guimarães
Comentar

Ainda há dias a Apple decidiu implementar um limite de compra nos iPhones, na sua loja. Cada utilizador estava limitado a comprar apenas duas unidades. Esta medida foi feita para que não houvesse ruptura de stock, por causa da pandemia do COVID-19.

Contudo, conforme avança a Reuters, a Apple já retirou essa limitação. Consumidores podem agora comprar 10, 20 ou 30 unidades de iPhones se assim o desejarem. O limite foi retirado em todo o lado, incluindo nos Estados Unidos, o segundo mercado mais relevante para a Apple.

É importante salientar que a restrição original apenas se aplicava à loja online da Apple. Retalhistas de terceiros não receberam qualquer indicação da marca para limitar a venda de equipamentos. As lojas oficiais da Apple, no entanto, continuam fechadas pelo mundo inteiro.

Restrições ainda se aplicam a outros equipamentos Apple

Consumidores podem comprar iPhones "à grande e a à francesa" mas o mesmo não pode ser dito de todos os produtos da Apple. Os iPads e computadores portáteis Macbook, por exemplo, tem a sua compra limitada a duas unidades por consumidor, tal como foi com os iPhones.

Não é claro porque é que a Apple decidiu retirar os limites dos iPhones mas mantê-los em outros produtos. É possível que a produção de iPhones tenha entretanto estabilizado, encorajando a empresa a vender à vontade.

A verdade é que, de acordo com as informações publicadas, a China está a recuperar do COVID-19 e por consequência, a indústria de telemóveis. A Apple tem as suas fábricas na China, significando que a recuperação do país é uma notícia positiva para a empresa.

Editores 4gnews recomendam:

  • Processador do próximo iPhone (A14) poderá ser mais potente do que se imagina
  • Próximo iPhone (12, 11S) não terá notch? 3 razões que provam o contrário
  • Apple ainda não desistiu do seu carregador sem fios "AirPower"
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.