Apple imac macbook pro copy

Devo dizer que pessoalmente sou um fã de Apple no que toca a Mac. Quando comprei o meu primeiro Mac, um iMac 21.5″ de 2011 usado, questionei-me várias vezes se o meu investimento valeria ou não a pena, eram quase 1000€ por um mac de secretária e já com alguns anos, o facto dele estar tuning e ser alimentado por 12GB de RAM convenceu-me e lá investi.

Foi desde a primeira semana que comecei a ficar fascinado com todos os pormenores que o Mac tinha, o simples facto do printscreen se transformar numa fotografia de imediato para mim bastou para dizer, isto sim.

   

Não demorou mais que duas semanas para que quisesse utilizar a magia da maça fora de casa por isso investi num Air e passado uns tempos num Macbook Pro. Isto para dizer que compreendo que quem é fã Apple tem razões para o ser. Os gadgets, tem uma qualidade extrema, são lindos até dizer chega e se viveres dentro do ecossistema é complicado saíres.

Mas como sabem a Apple não pára e se até estou satisfeito com o meu iMac, tenho plena noção que este é um terminal de 4 anos que daqui a uns tempos pedirá reforma.

A empresa de Cupertino lançou hoje não só um novo iMac como um novo Macbook pro. Os Mac’s com uma ideologia estética igual aos seus antecessores o que os distingue é mesmo o hardware.

Mais Apple: Partilhar o teu ecrã com um iPad é mais fácil, Duet Display chega ao Windows 7 e 8

 

O novo Macbook Pro de 15″polegadas traz o trackpad com a tecnologia ForceTouch, tecnologia esta trazida pelo primeiro Macbook. O Mac será vendido com um processador 2.2GHz quad-core Intel Core i7 Turbo Boost que o fará correr até 3.4GHz, 16GB de memória e 256 memória Flash com gráfica Iris Pro. O valor deste menino rondará os 2000 Euros, mais coisa menos coisa.

A outra variante do Macbook Pro 15″ dá-nos um processador 2.5GHz quad-core Intel Core i7 com turbo Boost até 3.7GHz, 16GB memória e 512 Memória Flash com a gráfica AMD Radeon M370 e o seu valor a começar nos 2500 Euros. Poderão personalizar este Macbook Pro com 1TB de memória flash e turbo boost a chegar ao 4GHz.

Olhando agora para o novo iMAC de 27″ polegadas, estamos a ver um ecrã 5K Retina com o processador 3.3GHz quad-core Intel Core i5 e Turbo Boost a disparar até 3.7GHz com a gráfica AMD Radeon R9 M290 e 1TB de memória, com valores a começar nos 2000€. E o “flagship” com 3.5GHz quad-core Intel Core i5 com turbo boost até 3.9GHz, gráfica AMD Radeon R9 M290X e 1TB de Fusion Drive. com o valor de 2,299.

Estes valores são valores arredondados com os dólares americanos, por isso sabem que vai depender sempre da taxa de Euros sobre o dólar.

Estes novos terminais poderão ser vistos e adquiridos em breve em lojas da grande maçã ou agentes autorizados e certamente estaremos a olhar também para o meu futuro iMac.

Gosta de Mac ou preferes Windows?

Talvez queiras ver:

 

 

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.