comscore comscore
Home Apple

Apple admite que iPhones são ‘estupidamente’ caros!

Não é segredo nenhum que, aos olhos do público, os dispositivos Apple são mais caros do que deviam. Já se tornou comum pagar a “taxa da maçã”.

No entanto, brincadeiras à parte, a empresa de Cupertino tem enfrentando alguns problemas por praticar preços diferentes em mercados diferentes.

Se acompanhas a 4gnews sabes perfeitamente que as vendas da Apple desde os últimos meses fiscais. A sua fonte número um de rendimento, os iPhones, não atingiram as metas de venda esperadas.

Tim Cook afirma que a Apple irá ajustar os preços para os diferentes mercados

Numa recente entrevista ao site Reuters Tim Cook falou dos mercados onde a moeda está mais desvalorizada em relação ao dólar. O CEO afirma que foi feita uma análise das situações macro-económicas de certos mercados. Entretanto essas análises vão levar a certos ajustes de forma a melhorar as vendas.

Certamente esta é uma realidade que os consumidores conhecem bem na Europa e em Portugal. A verdade é que quem nunca comprou um iPhone fora dos Estados Unidos não tem a mesma noção.

Por exemplo, o iPhone XS Max de 512 GB foi lançado no Reino Unido com um preço de 1760 dólares (ajustado à libra esterlina). Em Portugal chegamos a uns impressionantes 1916 dólares (1679.99€).

O mesmo iPhone XS Max vendido nos Estados Unidos custa uns “meros” 1349 dólares.

As “desculpas” de sempre já não são suficientes

É claro que existem vários factores para tentar sustentar estes valores. Ninguém espera que um equipamento tenha o mesmo preço na América e na Europa. Existem taxas e impostos. Existem custos de distribuição.

Contudo, a verdade é que os preços dos iPhone estão demasiado altos para muitos compradores internacionais, o que leva a uma desmotivação de compra por parte dos consumidores.

Na mesma entrevista Cook referiu os serviços Apple que tem usufruido de receitas maiores, subindo 19% em crescimento anual. A empresa de Cupertino tenciona ainda lançar novos serviços em 2019, possivelmente de streaming.

O CEO afirma que esse crescimento pode ajudar a facilitar uma descida no preço dos iPhone. Todavia, em 2017, a empresa lançou o iPhone X, o primeiro a atingir a marca dos 1000 dólares.

Em conclusão, temos de aguardar alguns meses para determinar se esta estratégia da Apple será mesmo implementada, ou se é apenas uma resposta para “apaziguar” as tensões.

Editores 4gnews recomendam: 

Apple ignorou adolescente que descobriu o Bug do FaceTime

Facebook paga a adolescentes para instalarem uma VPN que os espia

Google Gmail: Aplicação recebe novo design para Android e iOS

Entusiasta de tecnologia, jogos, filmes, música, de tudo um pouco. Podem também seguir-me no meu canal Batatek!