poster_large

A Apple é uma marca que dispensa apresentações e que continua a superar-se naquilo que mais importa ao fim do mês. De acordo com o relatório fiscal da Apple, publicado há momentos, a marca continua a registar lucros impressionantes mas ficando, contudo, aquém das previsões iniciais dos analistas de Wall Street.

Como já é habitual, várias das principais marcas publicam os seus relatórios fiscais trimestrais e a Apple acabou de publicar o seu. Como é óbvio a marca não nos deu uma lista detalhada de cada fonte de receita ou despesa mas revelou, isso sim, que vendeu 74.8 milhões de Apple iPhone’s nos últimos três meses de 2015. Números que, mesmo assim, foram uma desilusão para os analistas de Wall Street que tinham estimado um número ligeiramente melhor, 75.5 milhões.

   

Mesmo assim, com 74.8 milhões de unidades vendidas em apenas três meses, este é o melhor resultado que a Apple alguma vez obteve num período de três meses. Especialmente se tivermos em conta a ausência de mudanças no design do Apple iPhone 6s e Apple iPhone 6s Plus, as melhorias ficaram-se pelo 3D Touch, pela câmara frontal que passou de 1.2MP para 5MP, a câmara traseira que aumentou de 8MP para 12MP e a memória RAM que aumentou para 2GB. Melhorias tangenciais que, mesmo assim, foram suficientes para que a marca batesse um novo recorde de vendas.

74.8 milhões de iPhones vendidos em 3 meses, um novo recorde para a Apple

Apple iPhone 7c 4gnews

Vê também:iPhone 5se possuirá processador Apple A9 e versão de 64GB de memória

Os únicos “iDevices” que não se estão a sair muito bem são os iPad’s cujas vendas continuam a cair, tendo vendido 16.1 milhões de unidades nos últimos 3 meses, registando uma forte queda relativamente aos 21.4 milhões de tablets vendidos no trimestre imediatamente anterior. Relativamente ao Apple Watch a marca não divulgou qualquer resultado.

Relativamente aos lucros, mais uma vez os resultados ficaram aquém das estimativas de Wall Street que havia previsto um total de 76.4 biliões de dólares de lucro, tendo a Apple totalizado uns generosos 75.9 biliões de dólares do lado da receita, aumentando assim os valores homólogos de 2014 (74.6 biliões de dólares).

Um dos mercados em que a Apple mais cresceu (14%), foi no mercado asiático, valendo à marca 18.37 biliões de dólares, uma generosa fatia no bolo das receitas.

Vê também:Apple iPhone 5se chega já em março com design clássico e interior renovado

iPhone 4gn 2Para o presente trimestre a Apple espera totalizar uns 50 a 53 biliões de dólares mas segundo os analistas, este valor pode não ser atingido uma vez que as vendas dos iPhone’s devem diminuir neste trimestre e no próximo. Por norma, os trimestres imediatamente anteriores ao anúncio de uma nova geração de produtos são sempre os mais difíceis para as marcas pelas razões mais óbvias, especialmente agora que a Apple poderá lançar um novo iPhone 5se durante a Primavera.

Em suma, apesar de ter batido um recorde de vendas de iPhone’s no último trimestre, as expectativa dos analistas de Wall Street não foram atingidas e, apesar de já terem mais de 1 bilião de utilizadores activos, a Apple poderá não conseguir manter este ritmo de crescimento num futuro próximo portanto, escusado será dizer que as expectativas estão elevadas para o iPhone 7, um dispositivo que será apresentado no início de setembro.

Viacnbc
FonteApple
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).