Todos os anos deixamo-nos envolver num mesmo jogo. Todos os anos temos uma nova versão do sistema operativo móvel Android que costuma ser designado alfabeticamente, tendo sempre por base um doce ou sobremesa.

A título de exemplo, em 2016 tivemos o Android N (Nougat); em 2015 foi ano de Android M (Marshmallow) e em 2014 foi ano de Android L (Lollipop). Em 2017 é ano de Android O e, mais uma vez nos perguntamos: qual será a sua designação?

   

Aproveita aqui os melhores descontos em Smartphones

Assim sendo, é então hora de começar uma nova discussão acerca da designação do novo Android 8.0 O. Aquela que mais rapidamente nos vem à cabeça é o Android Oreo e parece que este pode muito bem ser o eleito para apelidar a nova versão do SO da Google.


Já anteriormente Hiroshi Lockeimer havia indicado que, de facto, a nova versão do Android poderia conter o nome destas conhecidas bolachas. E é mais uma vez o vice-presidente do Android que nos deixa uma nova pista a apontar nesse mesmo sentido.

Numa das publicações no Twitter deste senhor, este afirma ter encontrado, em Barcelona, um restaurante que faz uma espécie de jogo de letras. Nessa mesma publicação destaca-se a palavra Oreo, a qual é definida por Lockeimer como “True story“, ou seja, história verídica.

Voltamos a frisar que tudo isto são meros rumores e que é ainda muito cedo para podermos apelidar devidamente o futuro Android 8.0. Recordo que no ano passado vimos algo semelhante com o Android N.

A quantidade de teasers que iam sendo divulgados por conceituadas fontes pareciam indicar que visse-mos um Android Nutella mas que, no final de contas, acabou por ficar oficialmente conhecido como Android Nougat. Esperaremos para ver o que o futuro nos reserva.

Outros assuntos relevantes:

Huawei P9 Plus já começou a receber o Android 7.0 Nougat

Moto G5 e Moto G5 Plus: As diferenças entre os novos Motorola [vídeo]

Só hoje! Descontos até 40% em headphones, Apple, PC´s e smartphones

Viawccftech
Fontehiroshi lockeimer
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.