Android-5.0-Lollipop (2)A história do Android L começou em Junho na Google I/O e desde então cresceu até se tornar uma versão final e pronta para se revelar aos olhos do mundo. Escusado será dizer que este Android 5.0 Lollipop está a fazer as delícias de todos os entusiastas de tecnologia. Fique a saber porquê. 

A Google apresentou hoje os seus novos dispositivos, o Google Nexus 6, tablet Nexus 9 e a coluna/TV Nexus, mas o melhor nem foram os aparelhos, a Google oficializou o nome do Android L para Android Lollipop. A maioria das mudanças neste Android 5.0 já tinham sido antevistas na versão beta, disponível para o Nexus 5 e para o Nexus 7.

Mas, vamos agora, ver com mais atenção o vasto rol de mudanças e novidades! Apresentando o Android Lollipop:

   

Mudanças Visuais:

Ao ligar um dispositivo com Android Lollipop os utilizadores vão se deparar com todas as mudanças visuais. Este Android 5.0 trás inúmeras melhorias à interface do utilizador, muito mais madura e com várias pequenas mudanças, em vez das alterações bruscas das versões anteriores.

A começar pela barra de navegação renovada, que agora tem símbolos mais abstractos, um triângulo, circulo e rectângulo. Além disso, a barra superior, de status, pode agora ser colorida ou transparente, dependendo da aplicação que estiver a correr, contando também com ícones renovados.

O ecrã de bloqueio tem agora várias notificações, todas as importantes, em vez de apenas ícones. Irá incluirAndroid-5.0-Lollipop (3) também detalhes sobre mensagens recebidas (tornará mais fácil estar a par das SMS e outras notificações).

Por falar nisso, agora temos um modo de alerta, um heads-up que, basicamente, lhe mostrará a notificação numa janela flutuante em cima de qualquer outra coisa que estiver a fazer, para aquilo que você considerar mesmo importante. Por último, poderá também afastar as notificações, tirá-las da sua vista, sem ter que sair da aplicação onde se encontrava.

Conteúdo mais sensível pode ser programado para não aparecer estilo pop-up e causar algum embaraço.

A partir do ecrã de bloqueio teremos também acesso ao marcador de telefone através de um deslize de dedo para a direita.

Multitasking também foi bastante melhorado no Android Lollipop, focando-se nos documentos em vez de nas aplicações. Podemos agora ter, por exemplo, dois cartões do Gmail, um para ler e outro para enviar, sem interromper o nosso trabalho. Estes cartões agora também tem uma aparência 3D com umas animações muito suaves.

As definições rápidas não escaparam ao refresh e têm agora novas funcionalidades como o modo “Não Perturbar” e uma luminosidade automática mais inteligente. Estas são apenas algumas das mudanças neste novo Android. A seu tempo veremos as outras, mais discretas. Além disso, temos também algumas funcionalidades bem úteis, como o botão para lanterna, rotação de ecrã e projecção de ecrã, ainda mais convenientes.

Temos também uma integração Android Lollipop em vários dispositivos, seja nos smartwatches Android Wear, nos smartphones, tablets, Android TV e até no carro. Algo que a Windows tem tentado implementar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Design Material

A Google lançou o material design como a sua nova filosofia oficial de design para aplicações e demais ecossistema. Os pilares deste novo design são a simplicidade e multiplicidade de formas que uma simples folha de papel pode adquirir.

O design material consiste em tipografia limpa, cores fortes e brilhantes, algumas animações mas sem ser em demasia. Veja, abaixo, uma síntese desta nova filosofia.

Este será o padrão doravante, para aplicações e tudo o que seja relacionado com Android Lollipop.

Novas funcionalidades:

Temos uma grande quantidade de novas características, debaixo de todas as mudanças visuais, que vão sem dúvida, tornar ainda mais gratificante utilizar a plataforma Android. O Modo Não Perturbar, o ícone de seleção do teclado na barra de navegação, um consumo de energia mais eficiente e um carregamento muito mais rápido.

Sem esquecer o suporte para ficheiros RAW, quem aprecia imagens sem compressão jpeg saberá do que estou a falar. Além de mais funcionalidade de acessibilidade, entre outras.

Funcionalidades para Developers:

Os desenvolvedores/criadores/programadores ou então simplesmente, developers, podem agora aceder a uma API renovada da Câmara Android, que facilitará
a configuração de várias definições como o burst mode e vários ajustes pormenorizados. Além do suporte para OpenGLES 3.1, opções de gestão de energia mais eficientes e inteligentes, melhorias nas frequências do microfone e outras.

Em suma, existem mais de 5,000 API que podem ser melhoradas pela comunidade de developers.

Bateria

A poupança de bateria sempre foi uma dor de cabeça mas neste Android Lollipop temos uma nova opção de conserva de bateria que lhe dará até mais 90 minutos de utilização do smartphone. Além disso, veja aqui, as nossas dicas para aumentar a duração da bateria.

O tempo previsto para a carga total é agora mostrado assim que liga o seu dispositivo à corrente e além disso, é mostrado o tempo restante de utilização do equipamento até que ele precise de nova carga. Esta informação estará presente nas definições de bateria.

Segurança

Os novos dispositivos vêm já equipados com encriptação automática da informação e dados, para ajudar a proteger o que esteja em dispositivos perdidos ou roubados. Além disso, o Android Lollipop, tem um reforço de segurança contra malware  e outras vulnerabilidades (SELinux).

Por último, temos o Smart Lock ou bloqueio inteligente que tornará mais fácil bloquear/desbloquear o seu smartphone ou tablet se ele estiver nas proximidades de um aparelho conhecido como, por exemplo, o seu smartwatch.

Conectividade

No Android Lollipop temos uma conexão à internet melhorada e uma comunicação Bluetooth mais potente e de baixo consumo energético. Além do reforço nas comunicações de rede móvel, na selecção das redes móveis e nas redes Wi-fi. Temos também um novo scan de dispositivos Bluetooth de baixa energia (BLE) nas redondezas, como wearables e outros pontos.

Performance

Termos uma experiência mais poderosa, sem lags e mais rica em conteúdos, neste Android Lollipop, graças ao novo ART, um novo Android Runtime que melhorará a performance e resposta das aplicações. A interface será mais suave e visualmente rica, compactando todas as aplicações e serviços activos nos bastidores. Algo que pode levar um empurrão e ser ainda mais eficiente com a aplicação Greenify.

E claro, este Android Lollipop suporta e promove os dispositivos com arquitectura de 64-bits, como o novo Nexus 9 e traz-nos processadores que competem com os dos nossos computadores. A palavra de ordem é mesmo “64-bits”.

Android-5.0-Lollipop (4)

Quando chegará?

O Android Lollipop ou Android 5.0, vem já incluído no novo Nexus 9, feito pela HTC, no Nexus 6, feito pela Motorola e na TV Nexus. Além disso estará disponível brevemente para o Nexus 4, 5, 7 e 10. Sem esquecer todos os dispositivos Google Play Edition. Todas as restantes marcas, dependerá das suas estratégias mas já temos os planos da Motorola.

A Sony, entretanto, já confirmou que o Android Lollipop chegará a todos os smartphones da linha Xperia Z, já a partir de Janeiro de 2015!

Espero que as outras marcas se apressem a disponibilizar este Android Lollipop!

Talvez queiras ver:

Deixa a tua opinião nos comentários, um Like na página do Facebook  e Subscreve o canal no Youtube .

Aplicação para Android 4Gnews.pt
Windows Phone  4Gnews.pt 8 e 8.1

Fonte, via 

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).