O Android 2.2 Froyo desapareceu das listas de distribuição do sistema operativo da Google. Esta versão foi das mais inovadoras à data do seu lançamento no mercado e foi um dos grandes marcos deste sistema operativo que está presente em cerca de 70% de todos os smartphones do mundo.

Como é hábito, no início de cada mês a Google disponibiliza as tabelas de distribuição das várias versões do seu sistema operativo e, após 7 anos entre nós, o Android 2.2 Froyo passou oficialmente à história.

   

Vê também: Samsung Galaxy S8 chegará às lojas a 18 de abril, segundo novas informações

Quando foi disponibilizado, em maio de 2010 o Android Froyo trazia imensas novidades. Aliás, foi das versões que mais mudou o aspecto e funcionalidade de todo o sistema operativo.
A mudança mais significativa de toda a história deste SO, em que apenas a barra de estado se manteve, tudo o resto foi remodelado.

Desde os ícones, a barra de navegação, a gaveta de aplicações, o aspecto dos menús, etc. Foi também nesta versão que o Android recebeu as notificações push, permitindo aos utilizadores estarem sempre atualizados, seja no email e nas demais aplicações.

Distribuição Android Dezembro
Tabela de Distribuição Android- Dezembro 2016

Foi também com o Android 2.2 Froyo que se tornou possível a instalação de aplicações na memória externa, no cartão microSD. Algo que demorou algum tempo a consolidar-se mas foi uma das soluções encontradas, na altura, para resolver os problemas e limitações da memória interna.

Agora, de acordo com o último relatório da Google, a versão mais utilizada deste Sistema Operativo é o Lollipop que inclui as versões 5.0 e 5.1 deste sistema operativo e que totalizam cerca de 33.4%.

Por sua vez, o Android 6.0 Marshmallow está presente em 29.6% de todos os smartphones com este SO, ao passo que o KitKat (4.4) ainda está presente em cerca de 22.6%. Segue-se o 4.1.x, 4.2.x e 4.3, as 3 versões do JellyBean com 11.6%. Por último, o Ice Cream Sandwich e o Gingerbread correm em 1.1% e 1% respectivamente.

Por último, uma das versões mais recente deste sistema operativo, o Android 7.0 Nougat corre apenas em 0.5% de todos os smartphones, ao passo que o novo 7.1 Nougat está presente em apenas 0.2% dos dispositivo. Em suma, a fragmentação é uma das principais características deste OS e não vemos sinais de melhoria.

Talvez queiras ver:

Samsung: Planos ambiciosos para os Galaxy A (2017) e Galaxy J (2017)

Nokia 6 poderá chegar aos mercados mundiais em breve

A nova “Dynamic Lock” fará parte da Creators Update para Windows 10

ViaPhonearena
FonteAndroid

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).