Amazfit PowerBuds Review: auriculares Bluetooth que 'ouvem' o teu coração

Bruno Coelho

O desaparecimento da entrada de jack 3,5 mm de muitos dispositivos trouxe um aumento da qualidade nas soluções sem fios como estes Amazfit PowerBuds testados pela 4gnews. Mas, num mercado sobrelotado de auriculares Bluetooth, são os pequenos pormenores que podem fazer a diferença.

É nesse sentido que vemos os Amazfit PowerBuds. Uns auriculares Bluetooth que, à partida seriam apenas mais uma solução satisfatória no mercado, mas que se destacam por terem um sensor de batimentos cardíacos embutido.

Xiaomi Amazfit PowerBuds

Vantagens dos Amazfit PowerBuds:

  • Qualidade de som fiável para o preço
  • Sensor de batimentos cardíacos embutido
  • Autonomia da bateria impressiona
  • Personalização de som através da app

Desvantagens dos Amazfit PowerBuds:

  • Som com graves pouco pronunciados
  • Qualidade de chamadas podia ser melhor
  • Dados dos batimentos cardíacos ficam ‘presos’ à App da Amazfit
  • App mudou de nome, mas não vem indicação nas instruções

Xiaomi Amazfit PowerBuds

Assim que os retiras da caixa, percebes imediatamente o seu propósito: desporto. O design e cor maioritariamente preta, faz com que sejam bastante discretos na orelha. E o tom vermelho dá-lhe um toque que me agradou bastante.

Posso dizer-te que ficam confortáveis na orelha, face a outros que já testei anteriormente. Numa volta de bicicleta, só ao fim de cerca de 1h15 m começaram a incomodar. Além de quatro medidas de borrachas para adaptares à tua conveniência, tens também uns ganchos.

Xiaomi Amazfit PowerBuds

Estes podem acoplar-se facilmente de forma magnética. Pela minha experiência, nunca senti, fosse com ou sem os ganchos, que os auriculares estivessem em perigo de cair. Mas, poder acoplar os ganchos de maneira mais fixa seria certamente algo a pensar num próximo modelo.

O design dos Amazfit PowerBuds foi concebido para conter os sensores capazes de monitorizar os teus batimentos cardíacos durante o exercício. Contudo, há um pequeno senão.

Em primeiro lugar, vais querer instalar a app da Amazfit para tirar partido das funcionalidades de exercício e personalização dos auriculares. Ao consultar o manual de instruções, vemos um QR Code que dá erro.

Xiaomi Amazfit PowerBuds

Amazfit PowerBuds têm sensor de batimentos cardíacos incorporado

Isto acontece porque a app da Amazfit foi substituída pela app Zepp. E o utilizador menos atento pensará que o problema pode ser seu. Depois de instalar a referida app Zepp, dei uma volta de bicicleta e o sensor de batimentos cardíacos pareceu-me funcionar como o esperado.

Quando comparados os dados da minha Mi Band 5, os resultados apresentaram-se bastante semelhantes, sem grande margem de erro. Infelizmente estes não podem ser transferidos para qualquer lado. Isto significa que se não estás dentro do ecossistema da Amazfit, não é a solução ideal não poder transferir os dados para outras apps (a não ser que seja manualmente).

Xiaomi Amazfit PowerBudsMesmo com uma vertente desportiva, o mais importante nuns auriculares não deixa de ser a qualidade de som. Esta não desilude para o seu preço, mas não esperes uns graves pujantes.

As vozes são satisfatoriamente audíveis, e existe uma clareza competente nos instrumentos. São os agudos e os médios que se destacam neste produto, com uns baixos menos pronunciados.

De referir que através da app podes aceder ao equalizador, e mexer no som para algo que seja mais do teu agrado. É também na app que podes configurar os gestos que te permitem pausar a música, passar para a faixa anterior ou seguinte, chamar a assistente virtual ou ativar o modo de som ambiente. Ainda assim é bom referir que nem sempre se revelam responsivos à primeira tentativa.

Amazfit PowerBuds

Autonomia dos Amazfit PowerBuds impressiona pela positiva

Nestes auriculares, a Amazfit promete uma excelente autonomia de oito horas em cada auricular e até 24 horas com a caixa. E posso dizer-te que durante a minha utilização andou muito perto destes números. Até porque, com raras exceções, quem ouve oito horas de música seguida?

É bom referir que têm certificação IP55. Este confere-lhe resistência contra chuva, poeira ou suor. E será com este último que não terás de te preocupar durante treinos mais intensivos… e suados.

Xiaomi amazfit powerbuds

Amazfit PowerBuds são auriculares a ter em conta para desporto

A utilização tanto em Android como em iOS foi feita sem problemas, desde a conexão rápida à audição com qualidade e sem notáveis arrastos na reprodução de vídeo. No entanto, devia ser atualizado o manual de instruções para abarcar a nova app.

Para uns auriculares Bluetooth virados para desporto, entregam um som equilibrado para o seu preço de 89,99 € na Mi Store Portugal. Não é difícil aconselhá-los por este valor, mas deves ter em conta se os prós e contras que verifiquei são, ou não, um entrave para a tua utilização.

Antes de ires, vê a lista dos melhores auriculares Bluetooth para desporto, com sugestões de várias marcas e para diversos orçamentos.

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.