iphone-6s-bend-test

Um dos temas mais badalados do ano passado foram os bend tests aos mais variados smartphones do mercado. Esta “moda” foi iniciada pelo iPhone 6, que teve uma mudança nos seus materiais de construção e que levou um grande número de pessoas a ver o seu equipamento dobrar literalmente. O próximo iPhone 6S será novamente o grande foco das atenções no que respeita à resistência dos seus materiais, algo que começa desde já a cativar a atenção dos mais interessados no mundo tecnológico.

Um dos elementos do Unbox Therapy, o mesmo que no ano passado foi dos primeiros a relatar o problema que afetava o iPhone 6, teve acesso à suposta tampa traseira do próximo iPhone 6S e não resistiu em submetê-la desde já ao bend test.

   

Mas antes de submeter o material ao teste propriamente dito, ele fez um exame exaustivo ao material que compõe o exemplar em sua posse e clama confirmar os rumores de que a Apple reforçou o alumínio que constituirá os próximos exemplares. Ele diz confirmar que o alumínio presente naquela tampa é de facto da série 7000, substituindo assim a série 6063 do ano passado. Mas as descobertas não ficam por aqui e segundo a analise levada a cabo pelo Lewis, este novo alumínio contém também uma considerável percentagem de zinco, que aumenta a resistência do material.

Agora falando sobre o bend test em si, a suposta tampa do iPhone 6S teve a companhia da sua precedente para uma melhor comparação dos dados. Para dobrar a tampa da iPhone 6 foi necessária uma força de aproximadamente 13Kg, enquanto que no caso do iPhone 6S foi necessária uma força de aproximadamente 36Kg, ou seja, quase três vezes mais que no caso anterior.

É verdade que este novo material vai tornar o próximo iPhone 6S mais grosso e pesado que o anterior, mas parece que os resultados estão a ser alcançados e a Apple voltará a lançar para o mercado um equipamento com uma qualidade acima da média.

Talvez queiras ver:

 

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.