Moto Z
Depois do sucesso do Moto Z, muitas são as expectativas quanto ao Moto Z (2017)

Se estiveste atento à apresentação da Motorola no Mobile World Congress 2017, deves ter reparado que, para além de apresentar os novos Moto G5 e Moto G5 Plus, a empresa agora liderada pela Lenovo deu muita enfâse aos seus novos Moto Mods. Um deles é o Gamepad, e se a sua proposta já é interessante, uma das suas imagens poderá ter revelado, sem intenção, um primeiro olhar sobre o novo Moto Z (2017).

O dispositivo em questão trazia na sue parte frontal um sensor de impressões digitais de forma oval, confirmando não só a tendência iniciada pelo Moto G5 e G5 Plus, mas também vai de encontro a alguns rumores e imagens reveladas, as quais foram partilhadas aqui na 4gnews pelo Rui Bacelar.

Ver ainda: Vamos gravar em 360º !!! | Jolt Duo Review

   

Como é claro, o dispositivo visto a ser utilizado com o Gamepad pode não passar de um exemplar de teste, sendo o foco o próprio Moto Mod. Não é de excluir, no entanto, que o Moto Z (2017) esteja para muito em breve. Considerando que o atual Moto Z foi apresentado em junho de 2016, poucos meses deverão faltar até que a Lenovo revele o novo topo de gama a envergar o slogan “Hello Moto”.

Moto Z GamePad
Créditos: Android Central
Moto Z (2017) e a colaboração com a Sprint

Recentemente, a Motorola juntou-se à operadora norte-americana Sprint para uma demonstração teste sobre o novo serviço Gigabit Class LTE, tendo este teste ocorrido durante uma partida da NBA entre os New Orleans Pelicans e os Toronto Raptors.

Segundo a operadora, o dispositivo utilizado trazia no seu interior o novo processador Qualcomm Snapdragon 835, com o modem Snapdragon X16 LTE nele integrado, sendo este o responsável por tirar o melhor proveito do novo serviço da Sprint.

Segundo a mesma, o dispositivo carregaria 4 antenas, que seriam responsáveis pela incrível conexão LTE que a Sprint consegue com o seu novo serviço, sendo, segundo a mesma, a única operadora nos Estados Unidos da América capaz de atingir os níveis de rapidez em questão.

Moto Z Sprint
O dispositivo Motorola utilizado no teste da Sprint

Em suma, não só ficamos assim com um pequeno olhar sobre aquele que poderá ser o novo Moto Z (2017), mas também ficamos a saber que o mesmo deverá integrar o novo processador topo de gama da Qualcomm, bem como conexões LTE do melhor que pode haver no mercado. Quanto a nós, parece-nos um bom começo.

Outros temas relevantes:
Crime Cibernético: Ameaça é real para empresas portuguesas
OUKITEL K6000 Plus: Smartphone em conta ou Powerbank eficaz?
A popularidade do Apple iPhone é cada vez maior!

ViaPhone Arena
FonteSprint
Editor 4gnews e estudante de Direito, nos tempos livres é mais provável encontrar-me a explorar novos géneros musicais, filmes e séries e a passar um bom tempo com amigos e família.