pixi-3-smartphone-image-2

A CES 2015 começa amanha, mas os fabricantes já começaram a desvendar alguns dos seus trunfos, os smartphones são uns deles, a LG já anunciou que vai apresentar o G Flex 2, a Acer já anunciou o seu Liquid Z410 e muitas outras marcas preferiram dar só um cheirinho do que ai vem, como a Asus com o seu vídeo misterioso.

A possibilidade da apresentação do Samsung Galaxy S6 também está a levantar muitos rumores, será que vai ser nos próximos três dias que vamos conhecer o Galaxy S6?

   

Mas o que vos trago agora é algo diferente, não é um dos grandes do mercado dos smartphones, mas vai entrar em força na CES 2015.

Recentemente, a Alcatel anunciou a sua nova série OneTouch Pixi 3, que dispõe de uma série de aparelhos, oferecendo vários tamanhos de tela, mas o mais interessante deste equipamento é a capacidade de executar três sistemas operativos diferentes, sendo eles o Windows, o Android e o mais recente Firefox OS.

Embora um dos pontos fortes da nova série tenha sido revelada a Alcatel não revelou certos pormenores para manter a sua apresentação na CES 2015 interessante, deixando muitas questões a pairar pela cabeça dos utilizadores.

Como vão funcionar os três sistemas? Será que podemos alterar o sistema operativo através do pc, como se de uma atualização se tratasse?

Se tivesse que adivinhar diria que a Alcatel vai lançar vários modelos com um sistema operativo diferente.

Também existe a possibilidade de o smartphone correr os três sistemas, seguindo o mesmo método utilizado no tablet Ramos i9s Pro que tem dois sistemas operativos, mas não me parece a situação mais eficaz para o equipamento a nível de desempenho.

Os modelos da série OneTouch Pixi 3 são esperados com vários tamanhos de tela, de 3,5 polegadas, que irá oferecer suporte 3G, enquanto os outros três tamanhos de 4”, 4,5 “ e 5 polegadas virão com conectividade 4G LTE.

Assista o video a baixo para ver uma pequena comparação entre os três sistemas operativos.
Talvez queiras ver:

 

Queremos saber a tua opinião sobre este assunto por isso fica livre de comentar abaixo. Clica aqui para saberes como ajudar a 4GNews!

Nós e os nossos meios de comunicação!