Samsung Galaxy S8 Galaxy Note 8
O Galaxy Note 8 deverá ser semelhante ao Galaxy S8, mas contará com algumas alterações

O Galaxy Note 8 tem uma tarefa dificílima para concretizar. Mesmo depois do bem sucedido Galaxy S8, o sucessor do tão aclamado Note 7 terá de conquistar os fãs, todos eles. Aqueles que esperaram pelo Note 8 porque adquiram um Note 4, por exemplo; os que quererão ter um dos melhores smartphones do ano; e até os que acabarão por não comprar o iPhone X em troca desse; entre outros.

Bom, o que é certo é que para quem espera pelo Galaxy Note 8, poderá olhar para o S8 e aplicar-lhe as seguintes diferenças. São 5 aquelas que farão o terminal que será lançado em agosto, possivelmente, ainda mais peculiar.

Vê também: Assassin’s Creed: De jogo para série de animação na Netflix!

   

Ecrã

Em primeiro lugar, embora já vejamos os Galaxy S8 e S8+ com ecrãs bem grandes face àquilo que todos poderão querer num equipamento deste género, maior ainda deverá ser o do Note. Desta forma, o Galaxy Note 8 deverá ter um ecrã Super AMOLED com 6,3 polegadas de tamanho e, sem dúvida que nem todos apreciarão tal decisão.

Rácio de ecrã-tamanho da parte frontal

Depois de uns absurdos, mas incríveis 83% de ocupação do ecrã na parte frontal dos dois irmãos, os S8, o primo mais poderoso deverá mostrar-se ainda mais. Isto é, mesmo que a Samsung tenha conseguido algo quase que inédito nos terminais que apresentou em Nova Iorque, em abril, quem sabe se não fará algo melhor ainda em agosto. 83% é o número a bater, força Samsung!

S-Pen

Ó, S-Pen. Poderia ficar aqui o dia todo com vocativos e outras figuras estilísticas da língua portuguesa acerca desta caneta mágica que só a Samsung conseguiu implementar no mercado mobile com sucesso.

Não faltará a fantástica S-Pen no Galaxy Note 8, talvez a diferença mais relevante face aos S8…

E, como seria de esperar, ou melhor, o que se espera mesmo, é que o Galaxy Note 8 tenha a mesma companheira que os anteriores tiveram. Também esta é uma diferença face aos Galaxy S8.

Quantidade de RAM

Como seria de esperar, o Note 8 deverá, por pouco que seja, ser mais poderoso que os Galaxy S8. Por isso, para além de, teoricamente, podermos ver nele o processador Snapdragon 836 da Qualcomm, também deverá ter não 4GB, mas sim 6GB de memória RAM.

Preço

O preço. Aquela diferença que todos nós gostaríamos de ver, mas num sentido negativo da sua tendência. No entanto, isso é algo que não acontecerá, como é óbvio. Aliás, este deverá não só ser o Note mais caro de sempre, bem como o Galaxy mais caro que a Samsung já lançou até ao momento.

Conclusão

O Galaxy Note 8 será um excelente terminal? Sim. Terá diferenças face aos S8? Sim. Serão compensatórias? Talvez. Voltamos à desculpa/razão de sempre. Apenas para quem procurar essas diferenças e não se preocupar com o acréscimo no preço que elas representam.

O Samsung Galaxy Note 8 será fantástico, tal como os Galaxy S8 são!

De resto, ainda que com um preço bem elevado, o Note 8 deverá ter um sucesso quase que garantido. A não ser que a Apple consiga surpreender mais do que se possa esperar, este terminal será um sonho tornado realidade para qualquer entusiasta tecnológico e, quem sabe, não fará muita gente adquirir um Note pela primeira vez.

Eu gostava de ser uma dessas pessoas, mas até que ponto a carteira permitirá?! Veremos o que acontecerá até à sua apresentação e se poderá lidar com tal curiosidade.

Outros assuntos relevantes:

Xiaomi e Nokia fecham negócio de cooperação e troca de patentes

ASUS – Eis o novo computador ASUS ZenBook 3 Deluxe

Acelera o arranque do teu computador Windows de forma simples

FonteBGR

Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.