ZTE-AXON-7-destaque

A fragmentação do sistema operativo Android é um assunto que está sempre na na boca e na ponta dos dedos de quem fala ou escreve sobre a velha dicotomia Android e iOS. Apesar do que se possa achar sobre cada um deles, a verdade é que o Android continua bastante fragmentado em relação ao iOS, onde a fragmentação é nula. Para o bem ou para o mal é assim.

Por isso mesmo é sempre com a devida dose de prudência que se devem fazer comparações entre os dois sistemas operativos. Sendo que o iOS, a meu ver, só deve ser comparado com o chamado Android puro, ou Stock Android, para termos uma ideia mais acertada entre as diferenças, e são muitas, que opõem estes dois mundos. E mesmo dentro dessa linha só deveria ser mesmo comparado com os Google Pixel, actualmente.

   

Vê ainda: Google Pixel teve uma maior adoção logo na primeira semana do que o Nexus 6P

Sendo um acérrimo defensor do Stock Android ou, na melhor das hipóteses do near Stock Android, fico satisfeito quando vejo marcas a apostar no Android puro. Sejam, no passado, os antigos Nexus ou a Motorola; seja, no presente, a própria Google (com os Pixel, como seria de esperar obviamente) ou a Lenovo com a linhagem Moto.

Porém, tirando raras excepções como a OnePlus, no campo do near Stock Android, todas essas marcas apresentam flagships que nem sempre estão ao alcance de todas as bolsas. Apesar disso, o paradigma pode estar a mudar e podemos vir a ter, out of the box, terminais de topo com Stock Android a um bom preço.

É aqui que entra a empresa de Shenzhen, a conhecida ZTE. A empresa começou a questionar a comunidade sobre quais seriam as suas ideias para as características que gostariam de ver no próximo flagship da gigante chinesa, nomeadamente se preferem o Android puro ou um Android mascarado com skins proprietárias e outras funcionalidades. Está assim aberto o caminho para virmos a ter Stock Android em smartphones da ZTE.

Embora a ZTE não seja muito conhecida por actualizações regulares e oportunas, a empresa começou a trabalhar para mudar isso com o Axon 7, que tem vindo a receber updates de segurança mensais e que receberá o Android 7.0 Nougat já em Janeiro de 2017. Tudo isso combinado com os esforços de crowdsourcing há aqui uma indicação clara de que a empresa está a dar ouvidos à comunidade.

Vê ainda: OnePlus 4: Rumores sugerem dual-câmara, 8GB RAM e bateria de 4000 mAh

Dito isto, aqui estão as três principais razões da comunidade para ter vindo a manifestar a preferência pela experiência de Stock Android:

- Interface e skin mais leves limpas e fluídas.
- Actualizações mais rápidas.
- Maior suporte por parte de developers para ROMs personalizadas.

Caso queiras expressar a tua opinião sobre este tema e contribuir para a discussão lançada pela ZTE, dirige-te ao site da Z-Community (link na fonte), onde poderás fazer-te ouvir.

Talvez queiras ver:

E assim será o aspeto do Moto X 2017

Meizu Pro 7 pode vir equipado com SoC da Huawei e não da Samsung

As 6 melhores TV’s com descontos imperdíveis para o Natal [menos de 700€]