asus-zenwatch

O primeiro smartwatch da Asus, o ZenWatch, foi lançado no final do ano anterior, 2014. Considerado por muitos como o smartwatch mais bonito até à data, este ZenWatch oferece-nos característica muito comuns, mas o que nos poderá trazer o seu sucessor?

O zenWatch é considerado por nós um companheiro para o smartphone, no entanto ainda tem muito por onde melhorar

   

estas foram as palavras ditas pelo CEO da Asus, na festa de fim de ano da empresa.

De acordo com a Focus Taiwan, o presidente da Asus Jonney Sihi falou acerca do ZenWatch 2. Mencionou que o o próximo smartwatch da marca deverá vir com um “sistema de unidade de processamento e operacional central” simplificado para que com uma única carga consiga durar até uma semana de utilização.

Relacionado: Apple Watch com processador e ecrã potentes mas com queda na bateria

Habitualmente os smartwatches costumam ter uma bateria que normalmente dura cerca de 2 dias, à excepção de alguns como o Pebble, que tem duração para cerca de 1 semana com uma carga completa, ou então o Apple Watch, o terror para as baterias, que tem uma duração de 19h para uso normal e 4h para um uso mais intensivo. A Asus tem nos apresentado qualidade nos seus dispositivos e muito sinceramente acredito que a próxima geração do ZenWatch tenha uma autonomia de uma semana. Outra das coisas que poderá ser adicionado é, tal como no Samsung Gear S, poder fazer chamadas sem a necessidade do smartphone.

A Asus não planeia lançar o seu novo wearble antes do terceiro trimestre, mas até lá temos o ZenWatch que cujo o preço é de 199$. Outros rumores apontam que a Asus poderá apresentar-nos 2 smarbands mais baratas.

Achas que a próxima geração do ZenWatch nos trará uma boa autonomia ? Achas que a Asus será a marca de sucesso no mundo dos wearbles?

Talvez queiras ver:

Diz o que tens em mente nos comentários abaixo. E que tal ajudares um projeto Português? Sabe mais

Queres ser nosso amigo? Segue-nos nos meios de comunicação.

Apaixonado por Tecnologia e já há algum tempo com interesse pelo mundo mobile, mais precisamente desde o meu 1º android (Xperia X8, em que comecei por he alterar as ROM's), e depois disso apercebi-me que o que começou por um simples interesse / curiosidade virou paixão :)