YouTube quer atacar o TikTok com funcionalidade destinada ao fracasso!

Vitor Urbano
Comentar

Apesar das muitas polémicas e controvérsias em torno da aplicação TikTok, esta continua a ser uma das mais populares da atualidade, especialmente entre os utilizadores mais jovens. Depois do Facebook e Instagram tentarem lançar novas aplicações para fazerem frente ao TikTok, agora é a vez do YouTube tentar a sua sorte.

Foi o prórpio YouTube que confirmou a realização de testes de uma nova funcionalidade que irá permitir a gravação de vídeos limitados a 15 segundos. No entanto, estas nova funcionalidade está apenas a ser disponibilizada para um restrito grupo de utilizadores (Android e iOS).

YouTube TikTok

Infelizmente, tudo indica que esta nova abordagem do YouTube está destinada ao fracasso, pelo menos no que respeita a um possível impacto no TikTok. A funcionalidade permite gravar vídeos de 15 segundos que acabarão depois por ser "aglomerados" em apenas um vídeo.

YouTube deixa detalhes de lado, mas nova funcionalidade não conseguirá competir com o TikTok

Na publicação feita pelo YouTube, é indicado que a nova funcionalidade tem como objetivo permitir aos utilizadores captar curtos clips de vídeo diretamente a partir da sua aplicação. Após serem captados alguns clips, os utilizadores poderão publicar os mesmo como parte integrante de um vídeo de maiores dimensões.

Apesar de ser uma ferramenta que poderá ser útil para muitos criadores de conteúdo, é fácil perceber que não poderá apresentar-se como rival do TikTok. No caso dos utilizadores pretenderem publicar clips de vídeo superiores a 15 segundos, vão continuar a precisar de recorrer à galeria do seu smartphone.

Caso esta seja realmente uma tentativa de aliciar utilizadores que dão preferência ao TikTok, o YouTube vai falhar redondamente. A popularidade do TikTok deve-se a muito mais do que simples "vídeos curtos".

Através da sua aplicação, os utilizadores têm acesso a uma vasta biblioteca de filtros e efeitos AR (realidade aumentada) que permitem a gravação de vídeos extremamente criativos. Além disso, dentro da rede social formaram-se ao longo do tempo várias comunidades que cativam novos utilizadores e ajudam no constante crescimento do número de utilizadores ativos.

Obviamente, vamos precisar de esperar para ver exatamente o que o YouTube irá conseguir alcançar com esta nova funcionalidade. Mas julgando pelo seu "conceito", parece que terá o mesmo destino das YouTube Stories, que acabaram por cair rapidamente no esquecimento.

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.