YouTube Music tem más notícias para os utilizadores ao tornar-se apenas numa plataforma de áudio

Mónica Marques
Comentar

O YouTube Music gratuito vai deixar de reproduzir vídeos para os seus utilizadores, transformando-se numa plataforma de streaming apenas com reprodução de áudio.

A mudança chegará de forma gradual, mas começa a ser implementada já no próximo dia 3 de novembro.

YouTube Music gratuito vai disponibilizar uma reprodução de áudio em segundo plano

página suporte YouTube Music

Os utilizadores do YouTube Music gratuito vão deixar de ter acesso à reprodução de vídeos na plataforma de streaming de música. Em contrapartida, vão ganhar a funcionalidade de ter reprodução de áudio em segundo plano.

O anúncio foi feito pelo próprio YouTube numa publicação na sua página de suporte que explica tudo de forma detalhada. Assim, em breve apenas os utilizadores dos serviços YouTube Premium e YouTube Music Premium podem usufruir da reprodução de vídeos.

Já os utilizadores gratuitos de ambos os serviços não só perdem a funcionalidade de vídeo, como também não podem saltar músicas, de forma ilimitada.

Recurso reprodução em segundo plano mantém-se em funcionamento com o equipamento móvel "adormecido"

Mas nem tudo são más notícias. A versão gratuita vai passar a oferecer a funcionalidade de reprodução em segundo plano, como também mantém o acesso a playlists temáticas e a um cátalogo recheado de milhões de músicas. Claro que a reprodução será interrompida por anúncios.

Outra boa notícia é que a nova funcionalidade de reprodução em segundo plano continuará a reproduzir música, mesmo que a aplicação não esteja aberta ou que o ecrã do equipamento esteja inativo. Recorde-se que este era um recurso exclusivo dos serviços pagos do YouTube.

De acordo com a plataforma de streaming de música, as alterações vão começar a ser implementadas no próximo dia 3 de novembro, sendo o Canadá o primeiro país a recebê-las.

No entanto, o YouTube ainda não revelou os seus planos para a expansão global destas alterações, pelo que não sabemos a data específica em que os utilizadores portugueses deste serviço vão receber em mãos as boas e más novidades.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.