YouTube Music com nova funcionalidade de playlists vindas da comunidade

Mónica Marques
Comentar

Em breve, o YouTube vai disponibilizar playlists geradas pela sua própria comunidade na homepage.

A nova funcionalidade chama-se "From the Community" e só irá incluir listas de reprodução aprovadas pela plataforma.

Nova funcionalidade "From the Community" baseia-se no histórico do utilizador

Os utilizadores do YouTube Music em breve podem ter acesso a uma nova forma de listas de reprodução. Tudo graças à funcionalidade From the Community que sugere a reprodução de playlists, geradas pela própria comunidade da plataforma.

As sugestões vão surgir na homepage da plataforma, perto do local onde são apresentados os novos lançamentos, e vão basear-se no histórico de navegação do próprio utilizador. Todas as playlists apresentadas são previamente aprovadas pelo YouTube.

Com a nova funcionalidade, o YouTube pretende destacar os conteúdos gerados e sugeridos dentro da sua comunidade, daí a razão de todas as sugestões serem apresentadas na homepage num lugar de destaque.

Para já, a funcionalidade está apenas disponível para testes, mas a Google já adiantou que em breve poderá chegar a muitos mais utilizadores.

YouTube trava criadores de conteúdos que neguem a existência de alterações climáticas

Mas a plataforma de vídeo não está apenas a lançar novas funcionalidades para a sua comunidade. Em simultâneo, está também a tomar um conjunto de medidas que impedem que a desinformação se espalhe pelos seus utilizadores.

Falamos do facto de o YouTube estar a impedir os criadores de conteúdos de ganhar dinheiro com vídeos que neguem as evidências científicas sobre a existência e as causas das alterações climáticas.

Neste sentido, todos os vídeos que entrem nesta categoria não podem conter anúncios ou ser monetizados. Já na publicidade, todos os anúncios que promovam a desinformação sobre as alterações climáticas, não vão ser transmitidos.

Estas novas regras inserem-se num conjunto mais amplo de medidas que o YouTube está a implementar contra todo o tipo de desinformação, como é o exemplo da remoção de mais de 130 mil vídeos que não respeitavam as políticas da plataforma sobre as vacinas contra a Covid-19.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.