Youtube é a plataforma com mais tráfego mobile em todo o mundo

Carlos Oliveira

Segundo um estudo realizado pela Sandvine, o Youtube é a plataforma que mais tráfego gera nos dispositivos móveis em todo o mundo. Com uma cifra de 37%, a plataforma de vídeos da Google é, sem sombra para dúvidas, onde os utilizadores passam mais tempo com os seus smartphones.

Importa notar que plataformas como o Facebook, Instagram ou Snapchat estão a uma longa distância do Youtube. Aliás, cada uma destas famosas redes sociais não reserva, para si, nem 10% do tráfego gerado em todo o mundo.

Youtube Android

No entanto, no segundo posto desta tabela temos plataformas classificadas como "outras", com 23.4%. Não sabemos quais os incluídos neste pote, mas dá para perceber o quão o Youtube é popular nos dias que correm.

Youtube é um local muito concorrido e isso não é uma surpresa

Afinal de contas, esta é uma plataforma gratuita com enormidade de conteúdo disponível para as massas. Aqui conseguirás encontrar praticamente tudo o que procuras, desde pequenos vídeos, músicas ou até mesmo filmes.

Por falar em filmes, é curioso notar que a Netflix arrecada apenas uma percentagem de 2.4%. No entanto, importa relembrar que estes são dados que englobam apenas tráfego gerado por dispositivos móveis. Por conseguinte, os computadores ou televisões inteligentes estão fora do universo deste estudo.

Tendo por base estas conclusões, denota-se que passamos cada vez mais tempo a consumir multimédia nos nossos dispositivos móveis. A comodidade que estes trouxeram ao nosso quotidiano está bem espelhada nos resultados deste estudo.

Nem mesmo as redes sociais são capazes de ultrapassar a sede por este especifico tipo de conteúdo. Nem tudo o que se encontra no Youtube é de grande relevo, mas há sempre algo capaz de captar a nossa atenção nesta plataforma.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.