Youtube: Funcionalidade Premium começa a chegar a todos os utilizadores Grátis

Filipe Alves

Há uns dias falamos que a Google libertou a funcionalidade Picture-in-picture para todos os utilizadores nos Estados Unidos da América. Pois bem, hoje temos a informação que a característica começa a chegar a todos os utilizadores a nível mundial.

A funcionalidade picture-in-picture estava apenas disponível para todos os utilizadores Premium, porém, a empresa de Mountain View acreditou que a nova funcionalidade deveria ser livre para todos os utilizadores Android.

Youtube Picture-in-picture

Para que serve o Picture-in-picture no Youtube

De forma simples, o Picture-in-picture permite aos utilizadores minimizarem a aplicação do Youtube mas continuar a ver o vídeo que estava em curso num canto do telemóvel. Com o vídeo a reproduzir, o utilizador poderá entrar noutra aplicação qualquer sem que interfira diretamente com o vídeo em reprodução.

Quando é que a funcionalidade chegará à tua App do Youtube

Picture-in-picture Youtube

Ainda não há datas concretas, porém, a nova funcionalidade já chegou a utilizadores na Itália. Ou seja, é sinal que a Google já começou a lançar a característica a nível mundial.

Quando assim é, não demora muito até que Portugal receba a funcionalidade. Ainda que não ponha as minhas mãos no fogo, acredito que o Picture-in-picture chegará à nossa aplicação nos próximos dias. Aliás, podes sempre ver se já a tens ativa.

Como ativar o Picture-in-picture no Youtube

Primeiramente confirma que tens a aplicação do Youtube na mais recente versão. Vai à Google Play Store e confirma que não tens algo a dizer "atualizar". Logo depois abre as "Definições", segue para "Geral" e se tiveres o modo ativo vais ver a indicação de Picture-in-picture.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.