Yota muda-se para o Canadá e os sinos tocam na BlackBerry.

Carlos Torres
YotaPhone 2
YotaPhone 2

A Yota Devices criadora do Yotaphone, pretende mudar-se para o Canada, país da BlackBerry outrora conceituada marca, mas agora conhecida pelo bom software e que no hardware tem tido sucessivos fracassos. Falam que a futura sede da Yota possa ser em Waterloo ou Toronto. Alguns dos executivos da empresa russa são de origem canadiana, mesmo o dono da empresa, Vlad Martynov nascido na Rússia trabalhou no Canadá durante alguns anos.

Esta empresa começou sua actividade em 2009, primeiramente na produção de routers e modems, em Dezembro de 2013 lançam o Yotaphone em Las Vegas no evento da CES. Badalado pelos seus dois ecrãs, um touch-screen e um e-reader, o dispositivo deu nas vistas durante o evento pela inovação, enquanto que a maioria melhoravam as cópias entre si. As vendas não foram muito significativas, cerca de 100 mil dispositivos.

Nos bolsos estão ainda frescos US$ 100 milhões financiados pelo banco canadiano Jacob Securities nesta transição da empresa, que segundo Martynov, a Yota Devices pretende deste modo sair da zona conflituosa Russia-Crimeia. O Canadá ganha mais um nome da industria electrónica mas, a empresa da amora negra poderá sentir-se ameaçada, porque na Yota já se encontram alguns ex funcionários da Nokia e 15 ex "alunos" da BlackBerry. Sabendo-se da situação aflitiva da empresa canadiana, e poder existir o perigo de alguns dos seus cérebros, considerados dos melhores na industria dos dispositivos moveis e isto dito pelo próprio Martynov, poderão estes serem pretendidos pela jovem empresa Russa, e este ser a estocada final da BlackBerry?

Responde em Facebook aqui no Site e canal no Youtube . Aplicações para Android 4Gnews.pt e Windows Phone 4Gnews.pt 8 e 8.1

fonte