Xiaomi Apple Wearables Apple Watch
Xiaomi prova o seu valor e domina este mercado de wearables

“Wearables”, a nomenclatura dada aos acessórios inteligentes que utilizamos, por exemplo no nosso pulso. Desde relógios inteligentes (smartwatches) às pulseiras inteligentes (smartbands). A pouco e pouco estes acessórios ou gadgets tornaram-se populares e é construtora chinesa Xiaomi que lidera este mercado, bem à frente da Apple e da Fitbit.

Vê ainda: Lenovo utilizará Android Puro da Motorola em todos os seus Smartphones

De acordo com os dados da agência strategyanalytics que realiza estudos periódicos do mercado, segundo avança também o site phonearena, a Xiaomi vendeu mais Wearables do que a FitBit, Apple e tantos outros rivais neste mercado dos gadgets inteligentes. Olhemos agora para os dados deste relatório da strategyanalytics e para o estado deste mercado.

   

Mercado de Wearables abrandou, Xiaomi domina com Fitbit e Apple em 2º e 3º lugar

Neste segundo trimestre fiscal que terminou no último dia de junho, a Xiaomi subiu ao pódio tendo reclamado para si o 1º lugar que pertencia à Fitbit. Mais do que nunca os wearables da Xiaomi chegaram aos consumidores e acabaram por destronar a Fitbit que durante o ano passado ocupava o lugar cimeiro.

Xiaomi Mi Band Wearables Fitbit
A Xiaomi Mi Band

Agora, a Fitbit registou uma queda acentuada no seu market share (quota de mercado), caindo para 15.7% quando anteriormente tinha uns generosos 28.5% de quota de mercado. Por sua vez a Xiaomi viu a sua quota de mercado a subir de 15% para 17.1% entre o primeiro e o segundo trimestre de 2017, valor que lhe valeu a liderança do mercado de wearables.

Note-se que a Fitbit é conhecida pelos seus wearables dedicados aos fitness, os fitness trackers e apesar de também estar agora a trabalhar num relógio inteligente este está longe de ser um sucesso. A empresa recentemente teve que despedir 110 funcionários e está a braços com vários processos judiciais de caráter indemnizatório.

Apple vendeu 1 milhão de Apple Watch’s

Por outro lado, a Apple registou também um forte aumento da sua quota de mercado vendo este valor a aumentar 44% face ao primeiro trimestre do ano, passando de 9% para 13%.

Aproveitando-se da queda da anterior líder, tanto a Apple como as restantes marcas viram as suas quotas de mercado a subir significativamente. Em seguida, a tabela de dados da strategyanalytics.

Xiaomi Apple Watch Wearables Fitbit
Crédito: strategieanalytics

Como foram as vendas de Wearables?

Converter estas quotas de mercado para vendas é uma tarefa fácil. A líder Xiaomi vendeu cerca de 3.7 milhões de wearables durante o último trimestre. Por seu lado a Fitbit conseguiu vender 3.4 milhões de fitness trackers durante o mesmo período, uma queda face aos 5.7 milhões de wearables registados no primeiro trimestre do ano.

Em seguida temos a Apple que vendeu 1 milhão de Apple Watch’s entre abril e junho de 2017. Note-se o aumento de 1.8 para 2.8 milhões de unidades vendidas desde o início deste ano. As restantes marcas também registaram um aumento considerável no número de unidades vendidas durante este período como pode ser visto na tabela acima.

Trunfo da Xiaomi e Fitbit são os fitness trackers 

De acordo com o senhor Cliff Raskind, diretor da agência Strategy Analytics a Apple perdeu para a Xiaomi neste último trimestre devido à ausência de fitness trackers de Cupertino.

Contudo, afirma ainda que a próxima Series 3 do Apple Watch deverá reforçar este quesito e dar à Apple as armas de que necessita para competir diretamente com a Fitbit e Xiaomi. Esperemos por setembro para conhecer as novas apostas da Apple neste segmento de mercado.

Por último foram vendos mais de 21.6 milhões de wearables durante o último trimestre fiscal, um aumento de 8% face ao valor registado no mesmo período de 2016.

Para mais informações sobre a Sony e tudo o que é tecnologia falada em português segue a 4gnews. Acompanha-nos no Facebook, Instagram e claro, no YouTube onde terás também as nossas LiveCasts semanais.

E tu, tens algum wearable da Apple, Xiaomi ou Fitbit?

Outros assuntos relevantes:

OnePlus 5 – já temos uma grande pista sobre a nova cor do smartphone

FPF eSports abraça o campeonato nacional de FIFA Pro Clubs

Niantic Pokémon Go: Já está disponível o novo lendário Pokémon