Xiaomi tem ideia para levar carregamento sem fios a smartphones baratos

Bruno Coelho
Comentar

Costuma dizer-se muitas vezes que já não é justificável para a maioria dos utilizadores, comprarem um smartphone topo de gama. Isto porque um bom gama-média pode ser suficiente. E veja-se o exemplo de "topos de gama" baratos, como o POCO X3 Pro ou o POCO F3, abaixo dos 300 € com desempenho para "dar e vender".

Mas com um preço mais baixo, vêm necessariamente cortes em funcionalidades que só encontramos em modelos mais caros. Falamos de lentes telefoto com zoom ótico sem perda de qualidade, ou o carregamento sem fios. E se esta tecnologia estivesse acessível a equipamentos mais económicos?

Xiaomi registou patente para simplificar carregamento sem fios

Parece ser essa ideia da Xiaomi na patente agora revelada pelo ITHome. O site chinês revela uma patente para um sistema de carregamento que será mais económico de desenvolver. Este terá várias antenas com capacidade para gerar e receber energia.

Dados da nova patente de carregamento sem fios da Xiaomi. Crédito: ITHome
Dados da nova patente de carregamento sem fios da Xiaomi. Crédito: ITHome

Além de ter uma eficiência energética maior, este sistema também promete ser mais simples de implementar. O que significa que poderemos muito em breve ver o carregamento sem fios a chegar aos gama-média da Xiaomi, mantendo o seu preço atrativo.

Por enquanto ainda não existem detalhes de como a tecnologia vai funcionar. Mas esta patente é uma boa indicação de que em breve podem ser revelados mais detalhes sobre o assunto.

Esta surge numa altura em que smartphones sem quaisquer portas já são um assunto. Recorde-se que a tecnologia de carregamento magnético MagSafe da Apple levantou essa questão, e a fabricante de Cupertino pode mesmo ser a primeira a dar esse passo.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.