Xiaomi tem grandes planos para revolucionar o segmento gaming mobile

Bruno Coelho
1 comentário

Na última semana a Xiaomi apresentou na China o Redmi K40 Gaming Edition. Este é o primeiro smartphone marcadamente gaming da fabricante chinesa fora da conhecida Black Shark.

O diretor-geral da Redmi, Lu Weibing, revelou as razões pelas quais a Redmi quis entrar neste segmento. E a maior delas é pelo facto de ainda serem smartphones pouco populares junto dos consumidores.

Xiaomi surpreendeu com smartphone gaming barato

Além disso, smartphones gaming são normalmente equipamentos caros. Essa não é de todo a tónica do Redmi K40 Gaming, já que o equipamento foi apresentado na China por um valor inicial de 260 €.

Este é, de longe, o smartphone gaming mais barato disponível no mercado. E tendo em conta o seu valor, não se pode dizer que seja modesto em muitas das suas características principais.

redmi k40 gaming

Conta com um painel OLED de 6,67” polegadas com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120Hz. É comandado pelo processador MediaTek Dimensity 1200 com suporte para 5G.

Os utilizadores podem escolhê-lo entre 128GB e 256GB de armazenamento e 6GB a 12GB de memória RAM. A bateria é de 5065mAh, e dispõe de 67W para que o carregues na totalidade em 42 minutos. Os altifalantes são estéreo e foram desenvolvidos em parceria com a JBL.

Não aconselhamos, no entanto, a compra do terminal a partir da China. Tal como referimos neste artigo, não dispõe de suporte para instalação dos serviços da Google. Os rumores apontam para que possa ser lançado globalmente como POCO F3 GT.

Em menos de 1 minuto, vendeu mais de 100 mil unidades, e a marca espera que alcance 1,7 milhões de vendas só na China. Lu Weibing espera que este ajude a popularizar este tipo de smartphones.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.