Xiaomi lança um telemóvel com bateria para 15 dias por apenas 55€

Filipe Alves

A Xiaomi é uma das marcas que mais lança smartphones neste momento. Porém, este pequeno telemóvel não é propriamente smart. Ainda que conte com características inteligentes, como a tradução em tempo real de 17 línguas, o telemóvel é feito para aqueles que não se querem meter no mundo "social" online.

O telemóvel é tão básico que nem uma câmara fotográfica tem, contudo, não deixa de ser um investimento interessante para quem se quer "desligar do mundo".

Xiaomi QIN 1S

O Xiaomi QIN 1S é um telemóvel para quem não quer mais do que isso

Com o nome de "QIN 1S", o equipamento conta com a possibilidade de ter dois cartões SIM, dá-te a possibilidade de ter até 3000 contactos, e 500 mensagens no sistema. Não esperes muito mais do que comunicações básicas com este QIN 1S. O dispositivo conta apenas com 256MB de RAM e 512MB de armazenamento interno.

Preços e envios do smartphone aqui

Porém, é uma besta no que toca ao preço e à bateria. Por apenas 54€, o dispositivo promete 15 de bateria em standby e até 420 horas em conversação. Impossível imaginar baterias deste género nos dias de hoje.

Xiaomi QIN 1S 2

O teclado T9 é um velho conhecido e acredito que não será simples para te voltares a habituar. Todavia, certamente conheces alguém que nunca se habituou aos qwerty. Nesse aspeto, este telemóvel é uma boa solução.

Xiaomi QIN 1S 23

Ainda que traga o sistema Android, não podes esperar Google Play Store ou instalação de APPS. O dispositivo é um telemóvel básico. Ponto final. Ainda assim, por 54€ temos um preço interessante para que não quer mais do que isso.

Temos de perceber que o mercado é para todos. Uns procuram os topo de gama que custam 1000€ e que tem câmaras quase tão boas quanto uma DSLR, outrora querem algo simples que não os deixe "off the grid". Este Xiaomi QIN 1S é isso mesmo.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.