Xiaomi: sucessor de dobrável Mi Mix Fold só vai chegar em 2022

Mónica Marques
Comentar

Segundo as mais recentes informações, a Xiaomi só vai lançar o sucessor do smartphone dobrável Mi Mix Fold no próximo ano.

Ao que tudo indica, o evento que a marca chinesa está a preparar para dezembro será completamente dedicado à série topo de gama Xiaomi 12 e à interface MIUI 13.

Evento de dezembro reservado para Xiaomi 12 e interface MIUI 13

Durante este ano, a Xiaomi ampliou a sua linha de smartphones dobráveis com o modelo Mi Mix Fold, mas parece que este será o único modelo do género que chega ao mercado nesta ano de 2021. De acordo com informações agora reveladas, o sucessor do dobrável da Xiaomi só vai chegar oficialmente no próximo ano.

A informação foi avançada pelo leaker Ross Young, na sua conta de Twitter, e deixa-nos então a expetativa de que a fabricante chinesa irá dedicar o evento marcado para dezembro à apresentação oficial da interface MIUI 13 e à série flagship Xiaomi 12.

Para já não são ainda conhecidas as especificações do modelo, com o referido leaker a adiantar apenas que o equipamento terá tecnologia de câmara embutida no ecrã. No entanto, espera-se que o equipamento traga consigo melhores especificações que o seu antecessor que, no ecrã interno de oito polegadas, tem uma taxa de atualização de apenas 60 Hz.

Recorde-se que o Mi Mix Fold integra também um ecrã de 6,5 polegadas, processador Snapdragon 885 emparelhado com 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno. O dobrável conta ainda com uma configuração de câmara traseira tripla com um sensor principal de 108 megapixéis e capacidade de gravação de vídeo 8K.

Huawei e OPPO vão lançar novos smartphones dobráveis ainda este ano

Entretanto, o leaker Ross Young revelou também que ainda durante este ano vamos conhecer novos smartphones dobráveis e, desta vez, pela mão da Huawei e da OPPO. Infelizmente, Young não avança mais nenhum pormenor, por isso não temos conhecimento do nome ou especificações que os dois modelos vão ter.

Recorde-se que recentemente a Huawei lançou o dobrável Mate X2 Collector's Edition que esgotou em apenas alguns segundos na China. Na realidade, esta versão difere da original apenas na memória RAM que foi ampliada de 8 para 12 GB.

De resto, o modelo conta com 512 GB de armazenamento, processador HiSilicon Kirin 9000 com suporte para comunicações 5G e configuração de câmara traseira tripla com um sensor primário de 50 megapixéis, complementado por um segundo de 16 megapixéis e um terceiro de oito.

Espera-se, assim que o final de 2021 seja o início do boom dos smartphones dobráveis para o próximo ano. Recorde-se que a Samsung também prevê aumentar a sua produção de dobráveis em 2022.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi: estes 12 smartphones deixam de receber novidades da MIUI
  • Surpresa: Xiaomi pode lançar mais um modelo na série Redmi K50
  • Este smartphone da Xiaomi é o novo Rei se queres boa bateria
Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.