Xiaomi: Prepara-te para smartphones um pouco mais caros

Filipe Alves

A Xiaomi é conhecida por nos dar smartphones relativamente baratos para a qualidade prestada. Os gama-média são dos mais vendidos no mercado mobile, contudo, os topo de gama são aqueles que mais surpreendem.

O Xiaomi Mi Mix 2S, ou até o Pocophone F1, são o perfeito exemplo. Os smartphones da empresa chinesa são topos de gama e com um preço super apelativo.

Vê ainda: por pouco mais de 400€. Temos de ter em conta que estamos a falar de smartphones que nos dão uma qualidade de especificações idênticas a smartphones que custam à volta de 900€.

Ainda que alguns deles tenham compromissos, como por exemplo o Pocophone F1 e a sua qualidade de construção, quem gosta de ter desempenho no equipamento não pensa duas vezes antes de investir uns trocos num Xiaomi.

Xiaomi deixa de permitir instalar a ROM Global nas versões chinesas dos seus smartphones

Contudo, o preço dos equipamentos asiáticos podem estar para subir em breve. Passo a explicar. Normalmente existem duas variantes dos equipamentos da empresa chinesa. Atenção que não falo dos terminais que são vendidos de forma oficial em Portugal.

Quando compras um smartphone num loja oriunda da China, tens quase sempre duas versões do equipamento. A versão com a ROM chinesa e a versão "Global". A versão Global significa que já chega com a Google Play Store e serviços Google instalados de origem. Já a versão chinesa não traz nada disso porque os serviços Google são proibidos no país.

Normalmente o preço dos smartphones com versão chinesa são inferiores. Nada que alguém com conhecimento tenha receio. O smartphone chega, mete-lhe uma ROM global e está como novo. Além disso, acabou de salvar uns trocos na compra do equipamento.

Cuidado com as ROM's dos smartphones da Xiaomi

Contudo, a nova medida da Xiaomi fará com que o terminal não consiga mudar de ROM. Ou seja, se te aventurares a mudar uma ROM chinesa para a Global podes ter o azar de ficar com um pisa papéis carote. Já falamos sobre o assunto neste artigo.

Hoje a empresa asiática confirmou isso mesmo. Os smartphones que serão vendidos com a ROM chinesa não poderão ser modificados para a ROM Global. Isto é, o preço dos equipamentos da Xiaomi para o nosso mercado acabará por subir um pouco. Mais uma vez, falo das compras em lojas online oriundas da China e não em lojas físicas portuguesas.

Pode-se ler no fórum oficial da marca:

1. Os telefones Xiaomi fabricados para o mercado chinês não são capazes de executar o MIUI Global ROM. 2. Os telefones Xiaomi fabricados para os mercados globais não são capazes de executar o MIUI China ROM.

Assim sendo, toma cuidado quando compras um novo smartphone da marca. Tem apenas a certeza que o dispositivo chega com ROM Global. Caso contrário, poderás instalar a Google Play Store (sabe como aqui), porém, não poderás mudar a ROM.

Editores 4gnews recomendam:

Mi Mix 3: Imagem mostra o quão finas serão as margens do ecrã

Mi Mix 3: Aqui estão 5 razões para esperar por este smartphone

Black Shark 2 chega em breve e já mostrou o seu design!

Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.