Xiaomi revela vendas globais impressionantes nos Redmi Note

Bruno Coelho
Comentar

Esta quinta-feira, 28 de outubro, a Xiaomi apresentou na China os novos Redmi Note 11. Os smartphones de gama-média representam a segunda atualização do ano na linha mobile de maior sucesso da Xiaomi.

Não é à toa que dizemos que os Redmi Note são os smartphones de maior sucesso da Xiaomi. Isto porque durante a apresentação a fabricante chinesa revelou que as vendas destes atingiram novos números impressionantes globalmente.

Linha Redmi Note atinge 240 milhões de unidades vendidas globalmente

Durante o evento, Lu Weibing, vice-presidente da Xiaomi avançou que já foram vendidos mais de 240 milhões de Redmi Note em todo o mundo. É bom ter em conta que há menos de um ano a fabricante anunciava ter chegado aos 140 milhões de unidades vendidas nesta linha.

Redmi note 11

Tal significa que, no espaço de um ano, foram vendidos em torno de 100 milhões Redmi Note. Não admira, assim, que a Xiaomi tenha anunciado que vai voltar a optar pela estratégia de renovar esta linha duas vezes por ano.

Para chegar a estes números foram precisos sete anos. O primeiro Redmi Note chegou em 2014, e em maio deste ano a marca já havia atingido os 200 milhões de unidades vendidas. Pelo que em cinco meses vendeu mais 40 milhões de Redmi Note.

Os Redmi Note 11 foram apresentados na China, e a versão Pro+ conta com características muito interessantes. Falamos de um painel AMOLED 120Hz, câmara principal de 108 MP, altifalantes estéreo e bateria de 4500mAh com carregamento de 120W. Tudo isto a custar em torno de 260 € na China. Resta saber qual será o seu preço globalmente.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.