Xiaomi revela toda a verdade sobre o carregamento de 200W

Bruno Coelho
Comentar

A Xiaomi tem sido uma das fabricantes que mais aposta no desenvolvimento das velocidades de carregamento nos smartphones. E a sua tecnologia mais recente permite carregar um smartphone a 200W com fios.

Como revelou há algumas semanas, essa tecnologia permite preencher uma bateria de 4000mAh em apenas 8 minutos. Agora a fabricante chinesa respondeu a algumas perguntas dos fãs, revelando os números da degradação da bateria usando esta velocidade de carregamento.

800 ciclos de carga a 200W podem deixar a bateria a 80% da sua capacidade

Numa sessão de perguntas e respostas na rede social Weibo, ficou a dúvida de qual seria o impacto para a saúde da bateria com o carregamento de 200W. A marca revela que 800 ciclos de carga e descarga levarão a uma degradação da bateria acima de 80%.

Tal como refere o Android Authority, estes 800 ciclos correspondem a significativamente dois anos de vida. O que pode significar que a referida bateria de 4000mAh tenha cerca de 3200mAh de capacidade ao fim desse tempo. A cada vez mais comum bateria de 5000mAh seria assim de 4000mAh ao fim dos dois anos recorrendo a essa velocidade de carregamento.

Estes números estão assim em linha com a solução de 125W da Oppo apresentada em 2020. Também esta falava de uma descida da capacidade da bateria para 80% ao fim dos referidos 800 ciclos.

Por enquanto, a verdade é que poder carregar o smartphone a alta velocidade chega com esse grande contra da degradação mais rápida da bateria. Portanto, o que as fabricantes devem fazer é continuar a limar essas velocidades de carregamento até se tornarem menos nocivas para a bateria.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.