Xiaomi revela quando podemos esperar o seu carro elétrico

Bruno Coelho
Comentar

O primeiro carro elétrico da Xiaomi parecia, até há bem pouco tempo, uma verdadeira utopia. Mas num evento realizado durante a primeira metade do ano ficou prometido que esta seria uma das próximas apostas empresa, sendo a iniciativa liderada pelo próprio CEO, Lei Jun.

Xiaomi Car só será produzido em massa a partir de 2024

O executivo liderou esta segunda-feira uma conferência na China com foco no primeiro carro elétrico da empresa. Nesta foi esclarecido que só em 2024 é que o Xiaomi Car será produzido em massa.

Carro elétrico da Xiaomi chega em 2024
Carro elétrico da Xiaomi chega em 2024

Tal deve acontecer durante a primeira metade desse ano, devendo o veículo chegar ao mercado entre o final de 2024 e início de 2025. Janelas temporais que, a esta distância, ainda podem sofrer alterações.

A primeira fábrica será em Yizhuang, nos subúrbios de Beijing. Ao que foi indicado, mais de 20 mil currículos foram recebidos, e estará operacional uma equipa de pesquisa e desenvolvimento de 453 pessoas.

Numa primeira fase a Xiaomi investe 10 mil milhões de dólares em todo o processo. E Lei Jun afirmou mesmo que a Xiaomi Motors será o seu último grande empreendimento de vida, e dará tudo pela empresa.

Possível design do Xiaomi Car
Possível design do Xiaomi Car

Agora resta saber quando a Xiaomi pretende revelar oficialmente o design do seu primeiro veículo elétrico. A julgar pelo veículo tapado com um pano atrás de Lei Jun nas imagens, será um sedan. Mas a esta altura do campeonato pode ser uma imagem meramente ilustrativa.

Espera-se que durante 2022 tenhamos mais detalhes sobre este futuro veículo, e fiquemos a conhecer o seu design. Tendo em conta o vasto leque de produtos da empresa chinesa, será muito interessante ver como tudo se pode integrar com o seu veículo.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.