Xiaomi remove 1192 aplicações na sua App Store

Mónica Marques
Comentar

A Xiaomi acaba de divulgar o seu relatório sobre a sua App Store referente ao mês de janeiro.

Uma das informações avançadas é que a marca removeu 1192 aplicações, apenas no passado mês, por violarem as regras da App Store chinesa.

Apps removidas não respeitavam política de privacidade

A Xiaomi acabou de divulgar o relatório sobre a sua App Store que diz respeito ao passado mês de janeiro. E a conclusão que desperta mais a atenção é o facto de a marca ter removido 112 aplicações da sua App Store por estas não respeitarem as regras existentes na App Store chinesa.

Mais especificamente, as apps removidas não cumpriam todas as configurações de privacidade. De acordo coma Xiaomi, a maioria destas aplicações não incluía o botão de rejeitar, nas suas definições de privacidade.

Outra das razões apresentadas para a remoção terá sido o facto de algumas das aplicações não integrarem a função de logout da conta correspondente. Claro que em algumas das apps removidas também foram detetados vírus e outros problemas que podem afetar significativamente os utilizadores.

Em dezembro de 2021 Xiaomi removeu menos aplicações

Se compararmos os dados agora divulgados com os de dezembro de 2021, constatamos que a Xiaomi foi agora obrigada a remover mais apps. No último mês do ano de 2021, a marca retirou um total de 1189, em janeiro o número aumento para 1192.

O facto de não ter sido um aumento significativo parece indicar que a marca chinesa mantém um controlo rígido sobre as aplicações disponíveis na sua loja. Aliás, a própria Xiaomi já indicou que o seu processo inclui informar os programadores dos problemas detetados e dar a oportunidade a estes de corrigi-los, num período de tempo limitado.

Só se as correções não forem efetuadas "por falta de cooperação ou em tempo útil" é que a marca procede à sua remoção.

Editores 4gnews recomendam:

  • Sony já escolheu a data para apresentar os auriculares mais estranhos do momento
  • Este smartphone de topo vai ter uma edição translúcida
  • Google vai mesmo obrigar os smartphones a usarem esta novidade do Android 12
Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.