Xiaomi regista crescimento histórico. Esta é a chave do seu sucesso!

Rui Bacelar
Comentar

Smartphones e IoT. Fruto de uma estratégia bicéfala com a aposta nos dispositivos móveis e ecossistema de produtos Xiaomi, a fabricante chinesa registou um crescimento histórico. As cifras foram agora divulgadas pela empresa e são extremamente positivas.

Liderada por Lei Jun, a Xiaomi não só mantém a sua posição como 3.ª maior fabricante mundial de smartphones, com reforça todos os seus setores de operação. De acordo com a própria Xiaomi, os lucros do primeiro trimestre de 2021 são "históricos".

O 1.º trimestre de 2021 foi extremamente positivo para a Xiaomi

Xiaomi
Valores de receitas e lucros durante o 1.º trimestre. Crédito: Xiaomi.

A Xiaomi carateriza-se como uma empresa que opera na Internet, com hardware e smartphones conectados por uma plataforma de Internet of Things (“IoT”). Agora, deu a conhecer os resultados fiscais consolidados para os três primeiros meses de 2021.

O primeiro trimestre trouxe resultados muito acima das expectativas da empresa. De acordo com a própria, a receita durante esse período cresceu 54,7% face ao período homólogo (1.º trimestre de 2020). O lucro aumentou 163,8% nesse mesmo período.

Face ao exposto, a fabricante monstra-se altamente satisfeita com os resultados obtidos, referindo valores históricos. Ilustrando estes resultados vemos acima os principais indicadores na moeda local (Yuan).

Valores de receitas e lucros históricos para a Xiaomi

Xiaomi
Os resultados da Xiaomi no segmento dos smartphones. Crédito: Xiaomi.

O mercado de smartphones revelou-se muito recetivo dos produtos da Xiaomi, com a fabricante orgulhosa da competitividade dos seus smartphones premium. A propósito, vejam-se acima os valores de smartphones vendidos durante o 1.º trimestre.

Em três meses a Xiaomi vendeu mais de 49,4 milhões de unidades (volume da expedição) e a margem de lucro nos seus dispositivos foi de 12,9%. De acordo com a agência de análise de mercado Canalys a Xiaomi manteve o 3.º lugar global e granjeou uma quota de mercado de 14,1%.

Este vetor - mercado de smartphones - também viu a Xiaomi a crescer no seu mercado natal da China. Aí, encontra-se atrás da OPPO e da Vivo. A Huawei, contudo, continua a perder tração, também no seu próprio país.

A Xiaomi afirma que "durante o primeiro trimestre de 2021, tanto a receita como o lucro atingiram máximos históricos nesse período. Cifras que mostram a robustez do nosso modelo de negócios e ótimo desempenho e execução das nossas estratégias. O forte crescimento do volume de smartphones expedidos permitiu a nossa expansão e aumento da base global de utilizadores". A nossa plataforma IoT continuou a expandir-se pelo mundo (...)."

Ecossistema IoT vibrante e em expansão com novos produtos XIaomi

Xiaomi
O ecossistema de produtos Xiaomi é basilar para sustentar o seu crescimento. Crédito: Xiaomi.

O segundo vetor da Xiaomi passa pelo seu ecossistema de produtos e plataforma IoT que os interliga. A isto soma-se uma aposta crescente na quinta geração de redes móveis e respetivo suporte pelos seus smartphones e demais gadgets.

Também aqui a Xiaomi conseguiu várias métricas dignas de nota durante o primeiro trimestre. De acordo com a marca, foram vendidas mais de 2,6 milhões de Smart TV's, sendo a Xiaomi a fabricante que mais televisores vendeu durante esse período.

Internacionalmente o seu segmento IoT também cresceu rapidamente com as receitas geradas pelo setor a aumentar 81,1% neste trimestre. Aqui estão incluídos produtos como as trotinetes elétricas, purificadores de ar, a Mi Box e demais gadgets.

O relatório publicado pela empresa dá ainda relevo à sua plataforma IoT adotada por cada vez mais dispositivos e interligando-os. É este outro dos seus grandes vetores de crescimento e de fidelização do consumidor.

Por fim, damos conta de um aumento de 95,5% neste trimestre face ao período homólogo na base de utilizadores da MIUI na Europa ocidental. Isto mostra-nos o rápido crescimento do seu setor de smartphones, todos dotados da sua interface MIUI.

O relatório fiscal detalhado pode ser consultado na página da empresa. Foi o melhor trimestre na história da Xiaomi.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.