Xiaomi RedmiBook Pro será o mais potente e fino da marca

Abílio Rodrigues
Comentar

A Redmi anunciou um novo computador portátil RedmiBook Pro, que promete ser o notebook mais fino e potente de sempre da marca. Para além das especificações a Redmi fez questão de destacar na rede social Weibo que a nova oferta vai trazer ainda teclado completo com retroiluminação.

A Redmi parece decidida a apostar forte no mercado de notebooks, com o objetivo de trazer para a batalha produtos com boas especificações a preços competitivos.

RedmiBook Pro terá tudo para vingar na gama média

RedmiBook Por
Poster promocional do RedmiBook Pro na Weibo

Até agora sabíamos que os novos portáteis RedmiBook Pro iam trazer no seu interior um processador Intel Core H35 de 11ª geração, com direito a 4 núcleos e 8 threads.

Com uma velocidade de relógio que pode atingir os 5.0 GHz, este processador apresenta-se como sendo 9% mais potente que um chip Core U de 11ª geração. Este fator vai traduzir-se necessariamente num aumento de desempenho para a nova versão do RedmiBook Pro.

Um outro sinal da forte aposta da marca neste segmento é a escolha de ecrãs com resolução 2K para os seus portáteis, aumentando de forma considerável a experiência de visualização do utilizador.

É esperado para breve um anúncio da data de lançamento deste portátil, assim como uma confirmação das suas principais especificações.

Smartphone Xiaomi Redmi K40 Pro também está a chegar

A Redmi prepara também a chegada de um novo smartphone, o Redmi K40 Pro, que promete ser um dos mais baratos com processador Snapdragon 888.

O seu design será algo que vai agradar aos fãs, recorrendo a ecrã AMOLED da Samsung com taxa de atualização de 120 Hz. A autonomia está garantido através da inclusão de uma bateria de 4000 mAh.

O ano de 2021 será importante para a marca que procura estabelecer-se definitivamente como alternativa de valor dentro de um mercado onde a competição é feroz.

Editores 4gnews recomendam:

Abílio Rodrigues
Abílio Rodrigues
Apaixonado por tecnologia desde que montou o seu primeiro computador, continua em fase lua-de-mel com tudo o que envolva um processador e permita umas sessões videolúdicas.