Xiaomi Redmi Note 8 Pro: imagens reais mostram um pouco o smartphone

Filipe Alves
Comentar

O Xiaomi Redmi Note 8 Pro será um dos próximos smartphones a ser revelados pela submarca da Xiaomi. A Redmi já se mostrou capaz de surpreender com o lançamento do Redmi Note 7 e com o K20 (Mi 9T).

O Redmi Note 8 Pro é o próximo equipamento e tudo indica que será o primeiro a contar com uma câmara de 64MP. Ainda que não existam datas concretas, acredita-se que o seu lançamento esteja próximo.

Imagens confirmam construção do Xiaomi Redmi Note 8 Pro

Xiaomi Redmi Note 8 Pro

Estas novas imagens não mostram muito. Vemos que o equipamento conta com a entrada de áudio 3.5, conseguimos observar as câmaras traseiras do terminal e um pouco da sua construção.

Assim sendo, podemos presumir que o terminal terá uma construção de qualidade. Embora sem certezas, podemos presumir que o smartphone deva ser maioritariamente em vidro. Pelo menos é o que nos dá a entender.

Especificações conhecidas do Xiaomi Redmi Note 8 Pro

  • Ecrã 6.3" polegadas
  • Tecnologia Super AMOLED
  • Resolução FullHD+
  • Sensor biométrico no ecrã
  • Processador MediaTek G90T
  • Câmara traseira com 64MP + 12MP + 8MP + ToF
  • Bateria de 5000 mAh

Xiaomi Redmi Note 8 Pro caixa

Estas especificações chegaram ontem com a imagem da caixa do smartphone. Esta caixa também nos confirmou que o telemóvel terá uma pequena notch (gota de água) para a câmara frontal.

Preço do Xiaomi Redmi Note 8 Pro

Os valores deverão rondar os 250€ na altura do seu lançamento. Este novo processador da MediaTek, ainda que poderoso, deverá fazer do terminal menos custoso.

Este novo chip foi revelado para que os smartphones tenham uma potência acima da média e consigam, sem problemas, correr qualquer jogo na Google Play Store.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.