Lenovo S5 Android Xiaomi Android Xiaomi Redmi Note 5
O próximo modelo da fabricante chinesa tem um objectivo claramente definido.

O Lenovo S5 será o próximo adversário do Xiaomi Redmi Note 5. A sua intenção é perfeitamente clara com a Xiaomi a lançar do seu Redmi Note 5 no dia 15 de março e a Lenovo a preparar uma surpresa. O seu Lenovo S5 chegará logo depois, no dia 20 de março e a “guerra” já começou com uma troca de teasers nas redes sociais.

A chinesa Lenovo anunciaria os seus planos para este smartphone através da rede social chinesa, a Weibo. Agora, com um novo teaser para mostrar as melhores capacidades e especificações técnicas do smartphone que se prepara para lançar. A marca não esconde a sua ambição de superar as apostas da Xiaomi. Resta saber se o público ficará convencido ou não.

Vê ainda: Google Play Store: 32 aplicações Android grátis por tempo limitado

Com a uma a preparar o Lenovo S5 e outra a preparar-se para disponibilizar o Xiaomi Redmi Note 5 no seu mercado natal, o clima de tensão é palpável. Note-se que na passada semana, o CEO da Xiaomi, Lei Jun veio divulgar alguns dos trunfos do seu novo produto. Fê-lo através da rede social chinesa, a Weibo.

O seu produto contará com o processador Snapdragon 636 da Qualcomm e com um total de 6GB de memória RAM. Será uma edição especial para a China, francamente superior à edição que chegará ao resto do mundo. Promete uma ótima performance e sinceramente, com 6GB de memória RAM e este processador, acreditamos que não desiluda. Bem pelo contrário.

Lenovo S5 quer derrubar o Xiaomi Redmi Note 5

Agora, o vice-presidente da Lenovo, Chang Cheng, respondeu bem rapidamente. Em suma, afirmou que o Lenovo S5 oferecerá uma melhor performance. Melhor desempenho até que o Xiaomi Redmi Note 5. Entretanto a marca publicaria um novo teaser onde ficamos a conhecer várias das características do smartphone. Infelizmente a imagem apresenta-nos estas características em mandarim mas graças à imprensa internacional já sabemos o que significam. Resta saber ser farão a diferença junto do público. A marca acredita que sim.

Este é o recente Xiaomi Redmi Note 5

Xiaomi Redmi Note 5 Pro Lenovo S5
Este é o novo dispositivo móvel. Terá uma edição bem reforçada para o mercado natal, a China.

Para combater o Xiaomi Redmi Note 5 o Lenovo S5 chegará com um corpo completamente metálico. Até aqui nada de novo, nada que já não exista em abundância no mercado mobile. Contará com um grande ecrã de formato / ratio 18:9. Desta forma teremos margens muito diminutas, uma aspecto alto e bastante elegante. Já por sua vez a Xiaomi trará o seu novo Note com novas cores para o mercado chinês. Já para não falar nas especificações impressionantes para os seus preços que aqui ficamos a conhecer.

Xiaomi vs Lenovo, quem merece a preferência do público?

Mais uma vez, a Lenovo responde e promete que o seu Lenovo S5 será fantástico para quem quer e adora selfies ou auto-retratos. Contará com um motor de Inteligência Artificial (IA) para ajudar o utilizador a tirar as melhores fotos possíveis. Terá também reconhecimento facial do utilizador. Este último método de autenticação está cada vez mais popular junto das várias fabricantes Android.

Sem esquecer que este Lenovo S5 será também capaz de autenticar pagamentos (na China). Apresentará também uma grande autonomia de bateria (pelo menos assim o promete a marca). Teremos ainda a mais recente versão da interface própria da marca, a sua ZUI. Aqui será uma competição dura com a MIUI da Xiaomi.

ZUI da Lenovo vs MIUI da Xiaomi

Mas afinal, quais serão as especificações técnicas do Lenovo S5? Com base no modelo Lenovo K520 que recentemente foi aprovado pela agência TENAA já temos uma boa ideia. O smartphone apresentará um ecrã ou tela de 5.65 polegadas de diagonal com uma resolução Full-HD+. Apresentará o ratio 18:9 que o dotará do aspecto elegante que podemos ver no topo e em seguida.

Lenovo K520 é o seu número de modelo:

Lenovo S5 Android Xiaomi Redmi Note 5
O smartphone já recebeu aprovação da agência chinesa de regulação do mercado, a TENAA.

Contará com um total de 4 ou de 6GB de memória RAM e com 32 ou 64GB de armazenamento interno. Isto indica-nos a presença de duas variantes à escolha do utilizador / consumidor. Teremos também um processador (ainda não identificado) com 8 núcleos de processamento. Será, portanto, um octa-core com frequências máximas de processamento a 2.0Ghz.

Lenovo S5 tem fortes ambições para o mercado chinês

No seu interior teremos ainda uma bateria de 3000mAh de capacidade que lhe deverá proporcionar uma autonomia acima da média. Já o seu sistema operativo será o mais recente Android Oreo 8.0 da Google. Estará também disponível em vermelho para além do preto que podemos ver nestas imagens.

Por último, acredita-se que a Lenovo esteja a planear re-entrar no mercado chinês. Note-se que até então a marca apostava nos Motorola, a sua sub-marca. Contava também com os ZUK mas recentemente a marca chegaria ao fim. Agora, a Lenovo poderá voltar a lançar smartphones Android em seu nome, com a interface da ZUK, a ZUI.

Acreditam que esta marca poderá fazer frente à Xiaomi? Neste momento, segundo as agências de análise de mercado a Xiaomi ocupa confortavelmente o 4º lugar entre as 5 maiores fabricantes na China. Além disso não dá sinais de abrandamento e parece continuar a crescer sem sinais de querer parar.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Android. ASUS ZenFone 5 MAX chegará com o Snapdragon 660

OPPO R15, o “irmão” do OnePlus 6, chegará com Android Oreo

Huawei Y7 2018, vem conhecer o próximo smartphone Android da Huawei

Fonte | Via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).