Xiaomi Redmi Note 5 Android
A nova versão está agora disponível para o mercado chinês e conta com algumas melhorias sobre a versão base que já conhecíamos.

A tecnológica chinesa, Xiaomi, apresentou uma nova versão, reforçada, do seu smartphone de entrada. O Xiaomi Redmi Note 5 acaba de ser lançado no mercado natal, a China, chegando agora com praticamente as mesmas características do modelo Xiaomi Redmi Note 5 Pro.

Em primeiro lugar o seu nome é Xiaomi Redmi Note 5 (apesar de no interior ser um Note 5 Pro). Vamos expor as novidades, ponto por ponto para desmistificar este novo lançamento daquela que já é a 4ª maior fabricante na China.

Vê ainda: Samsung Galaxy S10 terá FaceID e sensor biométrico sob o ecrã

Um dos primeiros pontos a ter em conta é a inclusão da inteligência artificial (IA). Trata-se de software especialmente concebido para te ajudar a tirar mais proveito da câmara dupla do novo Xiaomi Redmi Note 5. Este será um dos seus principais trunfos e pontos de venda no mercado chinês.

Para além do mais, o Xiaomi Redmi Note 5 conta agora com o processador Snapdragon 636 da tecnológica norte-americana, a Qualcomm. Temos também um total de 6GB de memória RAM, uma enorme bateria (capacidade) e uma nova câmara para selfies, melhor do que nunca.

Xiaomi Redmi Note 5 é um autêntico “Pro” na China

Construído em metal, o Xiaomi Redmi Note 5 mede 158.6 x 75.4 x 8.05mm (altura x largura x espessura). Pesa um total de 181 gramas e sentirás bem o seu peso no bolso. Estará disponível em várias cores como o Lake Blue (azul), Black (preto), Gold (dourado) e o Rose Gold (Rosa Dourado). Destaca-se ainda pelo seu grande ecrã de 5.99 polegadas, uma tela IPS LCD com uma resolução de Full-HD+, portanto 2160 x 1080 pixéis. Está protegido com um vidro ligeiramente curvo nas arestas (2.5D) para além de ser capaz de proporcionar um brilho máximo de 450-nits.

Xiaomi lançou hoje este produto na China

Xiaomi Redmi Note 5 Android
Podemos aqui ver a versão em Rosa dourado do novo smartphone Android que agora chega ao mercado chinês.

No interior do Xiaomi Redmi Note 5 temos o procesador Snapdragon 636 da Qualcomm. Note-se que já anteriormente a fabricante havia prometido e antecipado o lançamento deste smartphone com a nova plataforma móvel. Aliás, este SoC é capaz de atingir uma pontuação de 115,247 pontos na AnTuTu. Mais ainda, conta com um módulo de armazenamento interno de 32 GB eMMC 5.1.

Na sua versão base o Xiaomi Redmi Note 5 está disponível com 3 GB de memória LPDDR4X RAM. Temos também duas outras variantes, ambas com 64GB de armazenamento interno eMMC 5.1 mas com 4 ou 6GB de memória LPRDDR4X RAM. O smartphone destaca-se ainda pela bateria de 4,000mAh com suporte para carregamento rápido 5V/2A.

Xiaomi Redmi Note 5 – Um “Pro” em tudo menos no nome

Xiaomi Redmi Note 5 Android
O novo modelo destaca-se também pela sua câmara fotográfica frontal. Conta com o seu próprio flash LED.

Olhando para o seu painel traseiro, no Xiaomi Redmi Note 5 temos duas câmaras. Desde logo um sensor principal de 12MP com um tamanho de pixéis de 1.4micron e uma abertura focal da lente de f/1.9. Por sua vez, o segundo sensor tem uma resolução de 5MP e será encarregue de adicionar mais profundidade às imagens.

Câmara fotográfica é um dos seus principais trunfos

Entre as funções da câmara temos o dual autofocus, o EIS (Estabilização eletrónica da imagem), modo HDR, modo de rajada e o modo panorama. Tal como o iPhone X da Apple, as câmaras deste Xiaomi possuem um alinhamento vertical com o flash LED no meio dos sensores fotográficos.

Esta câmara é reforçada pelos mecanismos de inteligência artificial. Isto é, software que te ajudará a capturar retratos perfeitos com o fundo desfocado. Mais ainda, poderá gravar vídeo em Full-HD (1080p). Ou então em câmara lenta, descendo aqui a resolução para os 720p HD.

No painel frontal, na parte da frente deste Xiaomi Redmi Note 5 temos uma câmara de 13MP de resolução para todas as tuas selfies. Esta câmara conta com o seu próprio flash LED e vários modos de software. Temos também aqui a inteligência artificial ao serviço do utilizador. Algo que te ajudará a tirar melhores fotografias de auto-retrato, as típicas selfies. Temos também a inclusão do modo HDR para a câmara frontal. Para além da capacidade de gravar vídeos em 1080p Full-HD.

Selfies com uma câmara de 13MP e reconhecimento facial

Para desbloqueares o Xiaomi Redmi Note 5 poderás também utilizar a sua câmara frontal. Desta forma o smartphone é capaz de reconhecer o teu rosto e terás apenas que olhar para ele para o desbloquear. Algo que é mediado pela câmara frontal.

Xiaomi Redmi Note 5 Android
Podemos ver aqui o modelo em preto, vista traseira, frontal e lateral do smartphone.

Já a nível de software, o Xiaomi Redmi Note 5 conta com a interface própria da marca, a MIUI 9. Segundo o presidente da empresa, Lin Bin, conta com gestos para o ecrã completo. Algo semelhante ao que temos por exemplo no iPhone X. Permitindo ao utilizador navegar pelo smartphone, mesmo sem botões físicos ou capacitivos para tal.

Poderá chegar à Europa através das plataformas de venda online

A nível de conectividades o Xiaomi Redmi Note 5 conta com dual SIM. Sem esquecer o 4G VoLTE, 2.4 GHz / 5 GHz Wi-Fi 802.11ac. Temos ainda o Bluetooth 5.0, USB-C, porta de áudio jack 3.5mm, GPS, AGPS, sistema de posicionamento Beidou e GLONASS. Temos também um sensor de impressões digitais ou leitor biométrico na sua traseira, ao centro.

A nível de preços, para o mercado chinês, o Xiaomi Redmi Note 5 custará cerca de 173 dólares. Isto na versão base com 3GB de memória RAM e 32GB de armazenamento. Temos também a versão com 4GB de RAM e 64GB de armazenamento. Ou então a versão com 6GB de RAM e 64GB de armazenamento por 221 dólares e 268 dólares, respectivamente.

Esta versão chinesa do Note 5 poderá chegar aos mercados internacionais. Poderá até chegar ao nosso mercado através das plataforma de venda online.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Android Wear passará a ser chamado Wear OS

Xiaomi Blackshark, o smartphone Android para gaming surge na Geekbench

Huawei P20. Eis as primeiras fotos capturadas com este Android

https://www.youtube.com/watch?v=RUWTRx88KQ8&t=9s

Fonte | Via 

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).