Home Android

Xiaomi Redmi Note 5 tem nova versão que arrasa no preço

Infelizmente é a versão chinesa....

XIAOMI REDMI NOTE 5 PRO
Na imagem acima temos o Note 5, versão base. Para o seu mercado natal, a China, existirá uma versão bem poderosa.

Depois de aqui termos ficado a conhecer oficialmente o Xiaomi Redmi Note 5 agora, segundo a publicação chinesa, MyDrivers, teremos uma edição bem especial. Trata-se da variante chinesa deste smartphone Android que chegará não só com um preço arrasador mas também com novas especificações. Se gostas de estar a par de todas as novidades desta marca, então estás no sítio certo!

Fundada em 2010 por Lei Jun, a Xiaomi já ultrapassou a Samsung em alguns mercados chave como a Índia. Para tal recorreu a uma inteligente estratégia de lançamentos adaptados às necessidades dos consumidores locais. Smartphones Android de alto valor e baixo preço. Exemplo perfeito desse equilíbrio valioso é o novo Xiaomi Redmi Note 5 Pro mas existem muitos mais.

Vê ainda: Google Play Store – 40 aplicações Android temporariamente grátis

Já na próxima semana ficaremos a conhecer a variante chinesa do atual Xiaomi Redmi Note 5 que seria apresentado no passado mês de fevereiro. Este dispositivo Android de gama média não despertou grandes atenções perante o modelo Redmi Note 5 Pro. Todavia, para o seu mercado natal a fabricante terá preparado uma edição muito especial.

Destacar-se-á pelo preço baixo e segundo Lei Jun (CEO) terá o processador Snapdragon 636 da Qualcomm no seu interior. Trata-se de um SoC (system on chip) com 8 núcleos de processamento (octa-core) com uma frequência de processamento máxima de 1.8Ghz. Conta com a gráfica Adreno 509 para cuidar das tarefas gráficas como jogos e outras aplicações exigentes. É um dos mais recentes processadores de gama da fabricante norte-americana.

Xiaomi Redmi Note 5, agora com o Snapdragon 636

As novidades para este smartphone Android não se ficam por aqui. Lei Jun terá indicado, numa publicação na rede social chinesa , a Weibo, que este Xiaomi Redmi Note 5 contará com um total de 6GB de memória RAM. Por outro lado a versão convencional, apresentada no passado mês de fevereiro na Índia conta com 3 ou com 4GB de memória RAM. Tudo indica que a variante destinada ao mercado chinês será extremamente apetecível. Aqui, a marca reduzirá a sua margem de lucro e tornará este smartphone ainda mais competitivo no seu país natal.

Versão chinesa do Xiaomi Redmi Note 5 com Android Nougat e MIUI 9

Xiaomi Redmi Note 5 Pro Android
Estarão disponíveis em várias cores, também no seu mercado natal, a China.

Segundo um documento que terá sido divulgado por engano (via), o Xiaomi Redmi Note 5 será muito barato na China. Esta edição para o seu país natal custará o equivalente a 236 dólares ou cerca de 191 euros. Na moeda local custará 1,499 Yuan. O seu preço será muito idêntico ao do Redmi Note 5 Pro na sua versão com 4GB de memória RAM e 64GB de armazenamento interno. Versão que custa um equivalente a 179€ à atual taxa de conversão.

A grande surpresa, para além do preço, será mesmo a adopção de 6GB de memória RAM (além dos 64GB de memória interna) no Xiaomi Redmi Note 5. Algo que tornará o equipamento num autêntico best-seller. Trata-se de um dispositivo com um grande ecrã. São 5.99 polegadas de diagonal com resolução Full-HD+ (1080 x 2160 pixéis). Temos também o formato 18:9 que lhe confere um aspecto alto e estreito a este smartphone Android.

Android Nougat com a MIUI 9

Para além disso o Xiaomi Redmi Note 5 (versão chinesa) contará também com duas câmaras na sua traseira. Teremos um sensor de 12 MP (f/2.2, 1.25 μm) e um segundo sensor com 20MP de resolução. Já na parte frontal, para todas as selfies teremos um sensor de 16MP. Note-se que ambas as câmaras usufruirão dos modos de Inteligência Artificial (IA) que conhecemos nos Redmi Note 5 Pro, por exemplo.

O smartphone utilizará o Android Nougat como sistema operativo, com a interface gráfica / ROM oficial MIUI 9. Teremos ainda uma bateria com 4000mAh de capacidade com carregamento rápido 5V/2A. A sua construção, em metal, será revestida por vários tons de cor à escolha do consumidor.

Esta edição especial do Xiaomi Redmi Note 5 não deverá estar ao alcance dos consumidores europeus. Todavia, as habituais plataformas de venda online poderão remediar a situação. Já não seria a primeira vez que uma versão para o mercado chinês chegaria, indiretamente, aos principais mercados europeus.

Este mesmo documento revelaria ainda vários detalhes sobre outro lançamento de uma marca rival. Refiro-me ao Meizu E3, às suas especificações e componentes principais para além do preço do smartphone Android. Em primeiro lugar, o Meizu E3 custará 363 dólares no mercado chinês. O equivalente a 294€ à atual taxa de conversão.

Meizu E3 também chega em breve

Posto isto, o dispositivo rival da Xiaomi estará disponível em duas variantes de memória RAM com 4GB ou 6GB. Contará também com três versões de armazenamento interno, desde 32, 64 a 128GB de memória interno. Teremos também um ecrã de 5.99 polegadas com uma resolução Full-HD+ e o formato de display 18:9. Contará também com uma bateria de 3300mAh, processador MediaTek Helio P60 e uma câmara frontal de 8MP para as selfies. Terás ainda uma câmara traseira dupla, com 12MP e 20MP.

Meizu E3. Smartphone Android com uma câmara fora de série?

Assuntos relevantes na 4gnews:

Android vs iOS – Utilizadores Android são mais fiéis ao sistema operativo

Face ID continua longe do Android devido aos custos de produção

Huawei P20 Pro poderá ser o mais psicadélico dos smartphones Android

Fonte | Via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).
Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia