Xiaomi Redmi Note 4 depois da explosão
Xiaomi Redmi Note 4 depois da explosão

O Xiaomi Redmi Note 4 é um dos smartphones mais relevantes da empresa chinesa. O terminal conta com boas especificações e uma boa qualidade de construção por um preço que poucos conseguem competir.

Os smartphones da Xiaomi são normalmente assim. A empresa apelidada “Apple chinesa” tem bons motivos para sorrir em 2017. Depois de nos ter dado um excelente topo de gama com o nome de Mi 6, também lançou uma quantidade enorme de smartphones de gama-média que vão tendo um sucesso acima do esperado.

Vê ainda: TOP 5 – Os jogos mais jogados para smartphone nos últimos anos

   

Um desses gama-média é o Xiaomi Redmi Note 4. O smartphone conta com um ecrã de 5.5″ polegadas Full HD, processadores MediaTek Helio X20 (ou Snapdragon 625) até 4GB de RAM e ainda uma bateria de 4100 mAh.

Foi esta bateria que alegadamente não estava a 100% e que originou uma situação um pouco assustadora. Podemos ver no vídeo de classicfact, que o smartphone simplesmente entrou em combustão rápida, originando uma chama enorme, bem mais do que se esperava para um smartphone tão pequeno.

Xiaomi Redmi Note 4 entrou em combustão sem razão aparente

Já não é a primeira vez que situações acontecem. Lembro que o Samsung Galaxy Note 7 foi retirado do mercado por ter sido encontrado defeitos na bateria do dispositivo.

Temos de aceitar que qualquer smartphone pode explodir, seja ele Xiaomi ou iPhone. Todos os gadgets que contam com uma bateria de litio tem essa possibilidade.

Depois do desaire do Samsung Galaxy Note 7, a Samsung acredita que conseguiu fabricar uma bateria que não explodirá mesmo que perfurada. O Samsung Galaxy S8 já conta com esta tecnologia e espera-se que outros smartphones no mercado comecem a oferecer o mesmo.

Não deixa de ser um pouco assustador ver aquelas chamas a sair do smartphone que, por muitas vezes, chega mesmo a pernoitar ao nosso lado enquanto carrega.

Outros assuntos relevantes:

Apple iPhone 8: Este deverá ser o design final do smartphone

Nokia 2: parte traseira do smartphone foi revelada em imagem real

Pokémon GO: Evento vai de mal a pior motivando a Niantic a distribuir a Lugia e Articuno