Xiaomi: Redmi Note 12 com lançamento iminente

Mónica Marques
Comentar

Há dois meses, a Xiaomi lançou globalmente a série Redmi Note 11 a nível global, mas ao que tudo indica está já a preparar-se para revelar a série seguinte Redmi Note 12.

Na rede social chinesa Weibo, o CEO da marca acaba de publicar o primeiro cartaz promocional da série que sugere que o seu lançamento está iminente.

Promoção ao Redmi Note 12 já começou nas redes sociais

Redmi Note 12
Lu Weibing, CEO da Redmi, explica a estratégia de dois lançamento por ano da marca na rede social chinesa Weibo

A série Redmi Note 11 chegou apenas há dois meses ao mercado global – anteriormente já tinha sido lançada na China. Mas parece que em breve vamos já conhecer a série seguinte: Redmi Note 12.

O CEO da Redmi, Lu Weibing , acaba de publicar o primeiro cartaz promocional da nova série na rede social chinesa, o que sugere que o lançamento está iminente. Ainda que tenha passado pouco tempo, este lançamento faz parte da nova estratégia da marca de lançar dois novos terminais dentro da série, sendo que um está direcionado para o desempenho (desempenho King Kong) e outro está vocacionado para a experiência (experiência King Kong).

E Lu Weibing já confirmou que esta estratégia está a ser aplicada e que vem aí a nova série, possivelmente designada por Note 12, "focada no desempenho", sendo que os terminais direcionados para a experiência têm chegada prevista para o segundo semestre de 2022, muito possivelmente mesmo no final deste período.

Especificações esperadas para a nova série Redmi Note 12

Redmi Note 12
Cartaz promocional para a próxima série de smartphones Redmi Note

Entretanto, alguns rumores começaram já a avançar algumas das especificações que podemos esperar ver na próxima série Redmi, vocacionada para o desempenho. Assim, os modelos devem chegar equipados com um ecrã de 6,6 polegadas com uma taxa de atualização de 144 Hz.

Mas os fãs da Xiaomi, e sobretudo da sua submarca Redmi, podem ser agradavelmente surpreendidos com suporte para carregamento rápido de 120 watts. Uma especificação muito bem-vinda e que a Xiaomi já disponibiliza em outros terminais do seu portefólio.

De resto, informações anteriormente divulgadas tinham já avançado que a nova série poderá ter aos comandos o processador Dimensity 8000 da MediaTek.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.