Xiaomi Redmi Note 10 e 10 Pro: mais informações sobre os próximos smartphones

Filipe Alves
Comentar

A submarca da Xiaomi, Redmi, está a preparar mais dois smartphones para o mercado. O Xiaomi Redmi Note 10 e Redmi Note 10 Pro deverão chegar em breve.

Os rumores referem que os terminais vão surpreender em muitos aspetos e hoje temos novas informações que compravam isso mesmo.

Carregamento rápido em smartphones de gama média

A Xiaomi cansou-se de oferecer lentidão no carregamento de smartphones. Assim sendo, estes novos Xiaomi Redmi Note 10 e Redmi Note 10 Pro chegarão com carregamento rápido.

A certificação na TENAA (Entidade reguladora mobile na China), confirma que um destes modelos deverá chegar com um carregamento rápido de 25W e o outro com 33W. Escusado será dizer que o modelo Pro deverá ser aquele que trará mais potência de carregamento.

Alegado design do Xiaomi Redmi Note 10

Xiaomi Redmi Note 10

Esta imagem mostra aquilo que esperar do design dos próximos smartphones. Neste caso estamos a olhar para o Redmi Note 10, porém, o modelo Pro não deverá fugir muito a este design.

Teremos uma tripla câmara traseira e ainda um pequeno buraco no ecrã para a câmara frontal. Resta-nos saber a tecnologia de ecrã. Se for AMOLED ou OLED, é muito possível que tenhamos sensor biométrico embutido.

Lembro que a Samsung começa a oferecer este tipo de ecrã e tecnologia biométrica nos seus smartphones intermediários. Depois da Huawei sair da corrida, a Samsung é a grande concorrente da Xiaomi e Redmi.

Por fim, os rumores referem que os terminais chegarão com uma câmara de 108MP. Caso tal aconteça, acreditamos que este sensor será exclusivo do modelo "Pro". Plausível imaginar o Redmi Note 10 com 64MP ou 48MP de câmara principal.

Ainda não temos informações sobre quando será a sua chegada, porém, com esta certificação, temos a certeza que não demorará muito.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.